Surto de mialgia aguda

Nota de esclarecimento sobre surto de mialgia aguda


A Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab), por meio da Superintendência de Vigilância e Proteção da Saúde (Suvisa), esclarece à população que, até a manhã de hoje (20), foram notificados 22 pacientes com sintomas de dor muscular intensa, de início súbito, acometendo, principalmente, a região cervical (pescoço), ombros, costas, coxas e/ou panturrilhas. Todos os pacientes residem na capital, sendo que 14 relataram o consumo de peixe, enquanto oito não se recordam ou não consumiram peixe.
Está em curso um processo de investigação que reúne profissionais da Vigilância Epidemiológica, Vigilância Sanitária e Ambiental, bem como os técnicos do Laboratório Central do Estado (Lacen). Esclarecemos que até o momento o Lacen não coletou quaisquer amostras de alimentos, pois os casos foram notificados tardiamente.
Alertamos que a população deve procurar imediatamente uma unidade de saúde caso apresente os sintomas citados. Todas as unidades de urgência e emergência estão orientadas a notificar imediatamente os casos suspeitos de Mialgia Aguda, o que possibilita acelerar o processo de investigação.

/vigisanit/nota de esclarecimento
Ascom/Suvisa

História Hoje

Há 36 anos, morria o jornalista e dramaturgo Nelson Rodrigues

Patrícia Leite


Wikipédia, a enciclopédia livre
Autor polêmico, revolucionou o teatro brasileiro, com peças de grande sucesso como Vestido de Noiva, Boca de Ouro, A Falecida, Bonitinha, mas Ordinária, Beijo no Asfalto e Toda Nudez será castigada.

Pernambucano, de Recife, Nelson Rodrigues, tinha cinco anos de idade quando se mudou com a família para o Rio de Janeiro, onde o pai fundou o Jornal A Manhã. Aos treze anos, começou a trabalhar como repórter policial.

Em 1936, aos vinte e quatro anos, se transferiu para o Jornal dos Sports, de propriedade de seu irmão, Mário Filho e começou a escrever sobre futebol. Sua coluna fez grande sucesso e ele passou a colaborar também com o Correio da Manhã, O Jornal, Jornal do Brasil, Última hora e Manchete Esportiva.

Sua primeira peça teatral, Mulher sem pecado, foi escrita em 1942 e encenada no Teatro Carlos Gomes, no Rio de Janeiro. No ano seguinte, a segunda peça, Vestido de Noiva, entrava em cartaz no Teatro Municipal seguida de Meu Destino é Pecar, Escravas do Amor e Álbum de Família.

Em 1951 publicou no Jornal Última Hora uma série de crônicas denominada A Vida Como Ela É.

Em 1960, a peça “Boca de Ouro”, abordando o universo da reportagem policial, chega aos palcos, no Teatro Cacilda Becker. No ano seguinte, é encenado “O Beijo no Asfalto”, com grande elenco, que ficou sete meses em cartaz no Teatro Ginástico.

Em 1963 estreou Bonitinha Mais Ordinária, e em 65 escreveu Toda Nudez será castigada que, levada ao cinema, recebe o Urso de Prata no Festival de Berlim.

Desde o início, Nelson Rodrigues foi considerado um imoral, porém moralista, um gênio que escandalizava o público e a imprensa especializada, diante de seus textos que giravam em torno de adultérios, pecados e escândalos.

Nelson Falcão Rodrigues morreu no dia 21 de dezembro de 1980, no Rio de Janeiro, após dez dias internado. Seu corpo foi sepultado no Cemitério São João Batista.

História Hoje: Programete sobre fatos históricos relacionados a cada dia do ano. É publicado de segunda a sexta-feira: RÁDIO CABRIOLA

Fonte: EBC

Festa da Padroeira da Baia

Fiéis celebram 45 anos de Nossa Senhora da Conceição como padroeira da Bahia

Sayonara Moreno – Correspondente da Agência Brasil Edição: Graça Adjuto

Basílica de Nossa Senhora da Conceição, em Salvador - Divulgação Secretaria de Turismo da Bahia Setur BA
Os devotos de Nossa Senhora da Conceição da Praia, na Bahia, participam hoje (8) de celebrações em homenagem à padroeira do estado, em Salvador e cidades do interior. Segundo a Arquidiocese da capital, oito missas serão celebradas, durante o dia, na Basílica Santuário Nossa Senhora da Conceição da Praia, no bairro do Comércio.

Padre Valson Sandes, da Arquidiocese de Salvador, conta que a imagem de Nossa Senhora da Conceição chegou à cidade na mesma embarcação do fundador português, Tomé de Souza, em 1549. A imagem original continua na Basílica, que fica em frente ao mar, na Cidade Baixa. Por isso, convencionou-se o culto a Nossa Senhora da Conceição da Praia.

Inicialmente, uma capela foi construída no local, por ordem do então governador do Brasil, Tomé de Souza. Desde a época, as celebrações à santa já ocorriam, em menor proporção. A Basílica dos dias de hoje passou por várias etapas de construção que duraram, segundo o padre Valson, cerca de 300 anos. Em 1938, foi tombada pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan).

No dia 8 de dezembro de 1854, o papa Pio IX proclamou o dogma “da Imaculada Conceição de Maria” e, por isso, a data ficou instituída para as principais celebrações à santa da Igreja Católica. O padre Valson conta que, há 45 anos, Nossa Senhora da Conceição da Praia foi considerada padroeira da Bahia pelo papa Paulo VI. Como cada município tem autonomia para definir o calendário, algumas cidades, além de Salvador, decretaram feriado no dia de hoje.

Procissão

Um dos pontos altos das homenagens à Nossa Senhora da Conceição da Praia, em Salvador, é a procissão no bairro do Comércio, para a qual o padre Valson estima cerca de 30 mil fiéis. Tradicionalmente, a caminhada leva o andor com a imagem da santa, além das imagens de São José e do Menino Jesus. Todos os participantes, inclusive os membros da paróquia, seguem o andor enquanto acompanham o trio elétrico levado pelo coral da Basílica.

“O que os fiéis mais pedem, pelo que a gente percebe, é que Nossa Senhora olhe pelas famílias. Percebo muito uma troca de olhar deles com ela, e sempre esse desejo de que ela olhe por nós, pelos nossos filhos, nossos cônjuges, pelo nosso emprego. Vejo sempre essa relação de mãe e filhos, de pedidos com muita fé. As pessoas chegam diante da imagem de Nossa Senhora, olham por ela, se emocionam e pedem pelo bem dos seus familiares”, afirma o padre.

“Eu peço que Nossa Senhora nos ajude, para que a nossa Bahia não passe mais por tanta privação. Que tenhamos mais honestidade, mais empregos e oportunidades. Peço muito a Nossa Senhora que nos ajude e nos leve para o caminho do bem, nos mostrando Jesus, que fez sempre o bem”, acrescenta.

Celebrações

Na Basílica Santuário Nossa Senhora da Conceição da Praia, as missas ocorrem às 5h, 6h e 7h. Às 8h, será a missa solene, presidida pelo arcebispo de Salvador e primaz do Brasil, dom Murilo Krieger. Depois, seguem outras celebrações às 11h30, 12h30, 14h30, 15h30 (pelos idosos e enfermos) e 18h (missa da amizade).

Além da igreja principal, onde fica a imagem original da Conceição da Praia, vinda de Portugal, outros bairros de Salvador fazem celebrações em homenagem à santa, nas paróquias que levam o nome dela.

Na Paróquia Nossa Senhora da Conceição de Itapuã, o dia começa com alvorada e ofício de Nossa Senhora, seguido da primeira missa solene, às 7h. Outras missas ocorrem às 10h e às 15h. Às 16h, os moradores seguem em procissão pelas ruas do bairro, com encerramento dos festejos às 18h. Nesse horário haverá missa solene presidida pelo bispo auxiliar dom Estevam dos Santos Silva Filho, na Praça Matriz.

Além de Itapoã, os bairros da Lapinha, Periperi, Valéria e Tororó terão programação intensa pelos festejos da padroeira da Bahia. Alguns municípios também têm Nossa Senhora da Conceição como padroeira e decretaram feriado hoje, a exemplo de Governador Mangabeira e Sapeaçu. Nessas cidades, a celebração será especial, com missas, procissões e fogos de artifício.

- Assuntos: Nossa Semhora da Conceição, dia, comemorações, Bahia, padroeira, Salvador Dalí

Renan é afastado do Senado

Ministro do STF afasta Renan da presidência do Senado
Marco Aurélio Mello atendeu ao pedido do partido Rede Sustentabilidade

O presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), acaba de ser afastado da presidência da Casa, por determinação do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Marco Aurélio Mello.


Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/ Agência Brasil
O ministro atendeu ao pedido do partido Rede Sustentabilidade e entendeu que, como Renan Calheiros virou réu, não pode continuar no cargo em razão de estar na linha sucessória da Presidência da República. As informações são do portal G1.


Avião de Xuxa é atingido por um raio

Xuxa sofre acidente de avião e faz pouso de emergência em Brasília



Na tarde desta segunda-feira (5), a apresentadora Xuxa usou seu perfil no Facebook para contar aos seus seguidores que sofreu um acidente de avião durante um voo para o Piauí.

Na rede social, a apresentadora fez um desabafo: "Gente... perdão, não poderei chegar no Piauí... nosso avião foi atingido por um raio e fizemos um pouso de emergencia em Brasília... desculpa CASA XGraças a Deus tudo bem com a gente", contou Xuxa.

A apresentadora ainda postou um vídeo do momento tenso, no qual ela e os tripulantes do avião aparecem com máscaras de oxigênio após serem atingidos por um raio.

fonte: POR NOTÍCIAS AO MINUTO

Justiça deve ser "sossego"

Justiça deve ser fonte de "sossego" para o cidadão, diz Cármen Lúcia

Felipe Pontes - Repórter da Agência Brasil Edição: Valéria Aguiar

A presidente do STF, ministra Cármen Lúcia, diz que a Justiça tem papel de pacificadora na sociedadeArquivo/ABr

A presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Cármen Lúcia, disse hoje (5) que a Justiça mais do que nunca  tem um papel de pacificador da sociedade, devendo ser uma fonte de “sossego” para o cidadão, num momento em que há uma grande intolerância com a ineficiência do Estado brasileiro.

“O Estado tem sido nossa única opção. Ou é a democracia ou a guerra. E o papel da Justiça é justamente de pacificar. Portanto, temos um compromisso direto de sermos responsáveis por trazer sugestões, propostas, projetos, fluxogramas, para que nós consigamos proporcionar um pouco de sossego ao povo brasileiro, no que seja nossa competência”, afirmou a presidente do STF e também do Conselho Nacional da Justiça (CNJ).

Cármen Lúcia, que discursou na abertura de um encontro anual em que o Poder Judiciário define as metas para o ano seguinte, pediu união entre os juízes em um momento de “extrema dificuldade”, para que elaborem metas e políticas públicas para o Judiciário “não com parcialidade, mas com os valores da democracia”.

O compromisso último do Poder Judiciário, disse Cármen Lúcia, é fazer com que a sociedade não deixe de acreditar na Justiça, sob o risco de que os cidadãos passe a praticar a “justiça pelas próprias mãos... que nada mais é que exercer a vingança, que é a negativa da civilização, a não civilização”.


- Assuntos: stf, cidadão, civilização

Bob Dylan no Prêmio Nobel

Bob Dylan envia discurso de aceitação para ser lido na cerimônia do Prêmio Nobel

Da Agência Télam Edição: Lidia Neves

O cantor e compositor americano Bob Dylan, que ganhou o Prêmio Nobel de Literatura deste ano, enviou um discurso de agradecimento para ser lido em conjunto com os demais vencedores no banquete da cerimônia de entrega do prêmio, sexta-feira (10) em Estocolmo, informou hoje (5) a Fundação Nobel.

O cantor  e compositor  norte-americano  Bob  Dylan, durante  apresentação  em  Basel (Suíça),  em  1984 Arquivo de Keyston/Agência Lusa/direitos reservados

O músico tinha comunicado há três meses que não participaria da cerimônia. nem da conferência de aceitação, amanhã (6), citando "compromissos prévios".

Segundo a Agência Télam, a Fundação Nobel também informou que a cantora americana Patti Smith interpretará uma canção de Dylan, A Hard Rain's A-Gonna Fall, na solenidade de entrega do prêmio.

Dylan foi agraciado em 13 de outubro com o Prêmio Nobel da Literatura por criar "novas expressões poéticas dentro da grande tradição da canção norte-americana", uma escolha surpreendente por ser a primeira vez em que um cantor é escolhido.

Depois de tentar entrar em contato com o músico sem sucesso por vários dias, a Academia Sueca finalmente desistiu, enquanto um dos seus membros, o escritor Per Wästberg, chamou Dylan de "rude" e "arrogante". A instituição posteriormente afirmou que a fala de Wästberg não a representa.

Dylan finalmente aceitou e agradeceu o Prêmio Nobel, que o deixou "sem palavras", em uma conversa por telefone com Sara Danius, secretária permanente da Academia.

Ao confirmar que não poderá ir a Estolcomo, Sara Danius informou que o encontro pessoal poderá ser no primeiro semestre do próximo ano, já que assessores do músico preveem uma ida à cidade nesse período.

Embora não seja necessário que o premiado vá à Suécia para receber o prêmio, a Academia Sueca prevê a necessidade de o ganhador dar uma plaestra para ter acesso aos cerca de US$ 900 mil (que equivalem a R$ 3,1 milhões), segundo a Agência EFE.

- Assuntos: Bob Dylan, prêmio Nobel, Prêmio Nobel de Literatura, Estolcomo, Suécia, Academia Sueca

Brexit vai para a Suprema Corte

Em momento histórico, Brexit vai para a Suprema Corte britânica

Da Agência Ansa

A decisão de que o Reino Unido deixaria o bloco europeu foi tomada em 23 de junho desse anoAgência Lusa/Direitos Reservador

Começou hoje (5), uma nova fase da batalha legal para decidir se o Brexit deve passar ou não por uma votação no Parlamento britânico para que possa ser iniciado formalmente o processo de saída do Reino Unido da União Europeia (UE). Nos quatro dias de audiência da Suprema Corte britânica, que pela primeira vez reunirá seus 11 juízes, o governo da premier Theresa May tentará derrubar a decisão de que o Brexit só poderá ter um início oficial com a aprovação do Parlamento. As informações são da Agência ANSA.

O veredito do caso deve se tornar público em janeiro. No mês passado, a Suprema Corte decidiu que o governo sozinho não tem poder suficiente para invocar o artigo 50 do Tratado de Lisboa, que regula os passos que um país deve dar para deixar a UE. A decisão de que o Reino Unido deixaria o bloco europeu foi tomada em 23 de junho desse ano, por meio de um referendo histórico.

Com a vitória do Brexit, o ex-primeiro-ministro do Reino Unido, David Cameron, grande defensor da permanência do país na UE, renunciou e Theresa May assumiu o cargo garantindo que iniciaria o processo de saída do bloco assim que possível, já que este é o desejo popular. Segundo a atual premier, a invocação do artigo 50, ou seja, o início da saída do Reino Unido, seria realizada até março do ano que vem. No entanto, essa meta pode ser atrasada, caso a Suprema Corte não derrube a sua decisão de que o Brexit deve antes passar pelo Parlamento.

- Assuntos: Reino Unido, Brexit, UE, Suprema Corte britânica

Governo em estado de atenção

Ministro diz que governo está em estado de atenção e preocupação com economia

Ana Cristina Campos – Repórter da Agência Brasil Edição: Maria Claudia

Dyogo OliveiraFabio Pozzebom/Agência Brasil

O ministro do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão, Dyogo Oliveira, disse hoje (5) que o "governo está sempre em estado de atenção e preocupação” com a economia ao responder sobre a piora na projeção de instituições financeiras para a queda do Produto Interno Bruto (PIB), a soma de todas as riquezas produzidas pelo país, este ano e para 2017.

“2017 é um longo ano, ainda temos tempo para trabalhar e garantir esse crescimento. O governo está sempre em estado de atenção e preocupação com a economia. Não é o indicador de uma semana que muda a nossa situação”, afirmou o ministro, após participar da abertura da 3ª Conferência Nacional de Produtores e Usuários de Informações Estatísticas, Geográficas e Ambientais, no Rio de Janeiro.

“Nós desejamos que a economia se recupere o mais rapidamente e fortemente possível. Mas é preciso que tenhamos a compreensão de que nós estamos num processo longo de deterioração da economia. Recuperar essa economia demandará esforços grandes e decisivos do governo que estão sendo feitos tanto na área fiscal quanto na área das regulamentações”, acrescentou.

Oliveira negou que esteja preparando algum pacote de medidas para acelerar a retomada econômica. “Não estamos preparando pacotes, O que temos é uma ação de governo, que já implementou várias medidas e ações e que naturalmente continuará atuando dessa maneira, trazendo propostas, alterando a legislação quando necessário, que abrem espaço para o desenvolvimento da economia”.

Entre as ações tomadas pelo governo, o ministro citou a desregulamentação no setor de petróleo para atrair investimentos, a retomada do processo de privatização de empresas deficitárias, o lançamento de programas de parceria público-privada com a concessão de diversas áreas de infraestrutura, como os editais para a concessão de quatro aeroportos.

O ministro reconheceu que o país atravessa “grandes” desafios. “O Brasil não sofre restrição de ordem externa, mas os problemas são de ordem interna. O primeiro passo é a disciplina e a transparência fiscal com elementos importantes como a PEC que limita os gastos do governo, na sequência, talvez até hoje mesmo, o início do processo da reforma da Previdência, e um processo detalhado de avaliação das despesas públicas do governo federal, com a revisão do auxílio doença”, disse, no evento.

- Assuntos: Dyogo Oliveira, governo, estado de atenção, preocupação, economia

Cerimônia na Arena Condá

Cerimônia na Arena Condá termina com muita emoção e participação popular

Daniel Isaia – Correspondente da Agência Brasil Edição: Augusto Queiroz / Amanda Cieglinski

Sob um clima de forte emoção e com grande participação popular, a cerimônia em homenagem às vítimas do acidente aéreo na Colômbia com o time da Chapecoense foi encerrada por volta das 15 horas de hoje (3) na Arena Condá, em Chapecó, Santa Catarina.

Presidente Temer durante cerimônia em homenagem às vítimas do acidente com avião da Chapecoense Beto Barata/PR

Falaram na cerimônia – que contou com a presença do presidente Michel Temer e do governador de Santa Catarina, Raimundo Colombo - o presidente em exercício da Chapecoense, Ivan Tozzo, e o prefeito de Chapecó, Luciano Buligon.

Uum dos destaque do evento foi a mensagem  enviada pelo papa Francisco, cujo texto foi lido durante a cerimônia pelo bispo de Chapecó, dom Odelir Magri.

"Consternado pela trágica notícia do acidente na Colômbia, o Papa pede que sejam transmitidas suas condolências e sua participação na dor de todos os enlutados. Ao mesmo tempo, pede ao céu conforto e restabelecimento para os sobreviventes e coragem e consolação para todos os atingidos pela tragédia", diz a mensagem.

O presidente da Fifa, Gianni Infantino, em discurso no final, ressaltou o “momento de dor”, e que não havia palavras que pudessem diminuir o sofrimento dos que perderam entes queridos no acidente. “Quero deixar aqui um abraço solidário de todo o mundo do futebol e dizer que a Fifa está do vosso lado, não só hoje mas sempre. Força Chape, somos todos brasileiros, somos todos chapecoenses”, disse Infantino.

Pela manhã

A forte chuva que caiu em Chapecó na manhã não espantou o público que aguardou desde cedo a chegada dos corpos das vítimas do acidente aéreo na Colômbia com o time da Chapecoense. Os corpos chegaram por volta das 12h25 ao estádio, depois de um cortejo que percorreu as ruas da cidade. As arquibancadas ficaram lotadas de torcedores e populares que, emocionados, se abrigam debaixo de capas e guarda-chuvas.

Em várias partes do estádio via-se faixas em agradecimento ao povo da Colômbia, país onde ocorreu o acidente e que prestou o atendimento e o resgate das vítimas. Na última quarta-feira (30), uma cerimônia muito emocionante em homenagem às vítimas foi realizada no estádio de Medellín, exatamente no horário em que seria disputada a final da Copa Sul-Americana.

Alguns torcedores levaram à Arena Condá, inclusive, a bandeira colombiana. "Colombia, gracias por todo", é o que diz uma das faixas. Outra, em inglês, diz "A todo mundo, o que nos resta é agradecer".

"O carinho que eles [colombianos] tiveram com todo o povo chapecoense, com todos os brasileiros, foi muito comovente. Por mais que a gente queira demonstrar o quanto estamos gratos, não há palavras para dizer o quanto estamos hornados por tê-los como irmãos, vizinhos. Eu acho que Deus colocou uma nação muito nobre, muito educada e cheia de princípios para ensinar para todo mundo a fraternidade e a solidariedades. Esses professores são os colombianos", disse Gustavo Braun, corretor de seguros que levava uma das faixas.

* Com informações da Agência Ansa

- Assuntos: cerimônia, Arena Condá, Chapecó

Jornalistas são velados

Jornalistas mortos em acidente da Chapecoense são velados na sede do Botafogo

Vladimir Platonow - Repórter da Agência Brasil Edição: Amanda Cieglinski

Jornalistas da TV Globo são velados na sede do Botafogo, no Rio de Janeiro Maurício Costa/Rádios EBC
Os corpos dos jornalistas da Rede Globo mortos no acidente com a delegação da Chapecoense chegaram às 13h05, no Estádio de Generial Sevriano, sede do Botafogo. O desembarque aconteceu no Aeroporto Internacional Tom Jobim Galeão, às 4h20 deste sábado. A demora na liberação ocorreu por trâmites burocráticos obrigatórios, como a liberação pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), e a preparação dos corpos para o sepultamento.

O repórter Guilherme Marques, o repórter cinematográfico Ari Junior e o produtor Guilherme Van der Laars serão velados no Salão Nobre do Botafogo, na zona sul do Rio. A cerimônia é reservada a amigos e parentes e somente jornalistas da Rede Globo foram autorizados a entrar.

O corpo de Guilherme Marques será cremado, ainda hoje, no Cemitério Memorial do Carmo e o de Van der Laars será sepultado no Cemitério São João Batista. O corpo de Ari seguirá para Goiás, sua terra natal, onde será enterrado.

- Assuntos: chapecoense, Jornalistas, acidente aéreo

Enem: 277 mil candidatos

Enem: cerca de 277 mil candidatos iniciam provas da segunda aplicação

Débora Brito e Vladimir Platonow – Repórteres da Agência Brasil Edição: Amanda Cieglinski

Estudantes chegam para as provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2016Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil
Começou às 13h30 (horário de Brasília) a aplicação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) para os 277.624 candidatos que não puderam fazer as provas no início de novembro, em razão da ocupação de escolas e universidades em diversos estados. Os portões foram abertos às 12h30 e a fecharam às 13h. Segundo o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Anísio Teixeira (Inep), nenhum dos 23 estados que estão sediando as provas apresentou registro de problemas até o momento.

Em Brasília, o adiamento da data dividiu opiniões dos estudantes. Alguns reclamaram que a mudança trouxe mais ansiedade. “Achei que foi um pouco desnecessário, se adiou pra um, tem que adiar pra todo mundo. Fiquei um pouco mais ansiosa”, diz Edinalva Maria Santiago, 18 anos, que sonha em cursar medicina.

Já para Aline Conceição Silva, 18 anos, o tempo adiado serviu para intensificar os estudos. “Pra mim individualmente foi bom, porque os professores tiveram tempo de passar matérias que eles não tinham passado. Espero que a prova seja no mesmo nível que os outros, diz a estudante, que pretende fazer o curso de Direito.

Alguns alunos do 2° ano Ensino Médio que já tinham se inscrito no Enem para treinar, os chamados treineiros, reclamaram que a nova data coincidiu com o dia de realização da segunda etapa do Programa de Avaliação Seriada (PAS), da Universidade de Brasília (UnB). Carolina Carvalho Santiago, de 16 anos, está no 2°ano e fez o Enem para se preparar. Um de seus alvos é o curso de medicina da UnB. Com a mudança da data ela teve que abrir mão da prova seriada. “Estudei muito. Esse adiamento não gostei muito, porque caiu bem na data do PAS e aí você teve que escolher se ia fazer o PAS ou o Enem. E o pior que os dois você paga, então é uma perda muito grande”, reclama. A jovem afirma que seus pais recorrerão às instituições responsáveis pelas provas para conseguir uma nova oportunidade para realização da etapa da UnB, ou para pedir ressarcimento do valor pago na inscrição.

A assessoria do Cespe, órgão responsável pela aplicação das provas da UnB, informou que os estudantes teriam que escolher e que não há a possibilidade de aplicação do exame em nova data ou ressarcimento da inscrição. O Inep reafirmou que as datas da prova foram escolhidas em conformidade com o cronograma do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) e o Programa Universidade pra Todos (ProUni). No caso do PAS da UnB, a assessoria lembra que a prova deste fim de semana é direcionada para alunos do 2° ano do ensino médio, perfil que ainda não está apto para ingresso no ensino superior pelo Enem.

Rio de Janeiro

No Rio, o Enem foi aplicado em três locais. Em um deles, no Centro Universitário IBMR, na Praia de Botafogo, os estudantes aguardaram do lado de fora até às 12h30, quando foram chamados para começar a entrar.

O técnico em informática Rubens de Meneses, que pretende cursar uma graduação na área de informática, considerou que o adiamento da prova lhe beneficiou, pois teve mais tempo para estudar. “Estudei cinco dias por semana. O adiamento para mim foi benéfico, deu tempo de estudar mais”, disse ele, que acredita ir melhor em história e encontrar mais dificuldades em química.

Irmã de Rubens, Samara Rodrigues pretende conseguir uma vaga em fisioterapia. Para ela, porém, o adiamento foi pior, pois considera que ficou mais tensa. “Para mim foi pior, pois eu sou nervosa. Era melhor ter feito antes, pois aí acabava logo. Mesmo eu tendo estudado, sempre o nervosismo vai atrapalhar. Hoje o que eu estou com mais medo é de história, mas devo ir bem em química e biologia”, disse ela, que aposta em um bom resultado em redação, na prova de amanhã.

Para o professor de química Pedro César Fiortti, que estava à porta acalmando alguns alunos, o adiamento foi prejudicial, pois atrapalhou o planejamento dos estudantes. “Para a maioria não foi benéfico, pois o aluno já está preparado, vem de uma pressão enorme. Psicologicamente, eu não acredito que tenha ajudado, porque a gente já vem preparando eles para tal dia, tem todo um planejamento de aula”, disse o professor.

- Assuntos: Enem, segunda aplicação do Enem, Inep

Corpos das vítimas são recebidos

Debaixo de chuva e muita emoção, corpos das vítimas são recebidos em Chapecó

Daniel Isaia - Enviado especial Edição: Amanda Cieglinski

Beto Barata/PR
Debaixo de muita chuva e sob forte emoção, desembarcaram na manhã de hoje (3) os corpos das vítimas do acidente aéreo da Chapecoense na Arena Condá.  A retirada dos corpos das três aeronaves que vieram da Colômbia teve início por volta de 10h e demorou cerca de 50 minutos. Soldados do Exército formaram um corredor por onde passaram os caixões, que estavam cobertos com um pano branco com o símbolo da Chapecoense e uma faixa com o nome de cada uma das vítimas. O primeiro e o último caixão retirados receberam uma salva de tiros.

As famílias deixaram a sala reservada dentro do aeroporto e acompanharam a chegada dos corpos debaixo de um toldo na área externa do aeroporto. Os familiares choravam muito e se amparavam.

Do aeroporto, os caixões foram colocados em caminhões abertos que farão um cortejo pelas ruas da cidade com previsão de duração de uma hora e meia. No acostamento da estrada que sai do aeroporto, o público já se aglomera debaixo de guarda-chuvas e vestindo a camisa da Chapecoense para acompanhar o desfile.

Beto Barata/PR

Michel Temer

O presidente da República Michel Temer acompanhou, junto com o governador de Santa Catarina Raimundo Colombo, a chegada dos corpos. Apesar da previsão inicial, Temer decidiu ir ao funeral coletivo na Arena Condá. O presidente da República chegou a Chapecó (SC) por volta das 9h de hoje e inicialmente participaria apenas de uma cerimônia de honras fúnebres no próprio aeroporto. Temer disse que não avisou antes que participaria do velório porque não queria causar transtornos.

"Na verdade eu não poderia dizer antes porque se eu dissesse a segurança ia colocar pórtico na entrada do estádio, iria revistar as pessoas que entram. Por isso u só comuniquei que ieira agora, para facilitar a vida de todos", disse.

Rádio Cabriola


Também estava presente na recepção o embaixador da Colômbia no Brasil, Alejandro Borba,  que disse acreditar que os laços de amizade entre Brasil e Colômbia saem fortalecidos da tregédia. " Estamos aqui, todos os colombianos, solidários e comovidos com essa tragédia. Quero apresentar à nação brasileira e a Chapecó as nossas condolência e solidariedade por essa perda de vidas que afetou toda a Colômbia. Os melhores desejos para que as famílias e toda a cidade possam seguir adiante depois dessa tragédia, disse.

*matéria alterada às 11h51 para acréscimo de informações



- Assuntos: chapecoense

Arena recebe corpos das vítimas

Arena Condá lotada recebe corpos das vítimas do acidente e agradece apoio

Daniel Isaia - Enviado especial Edição: Amanda Cieglinski

A forte chuva que cai em Chapecó na manhã de hoje (3) não espantou o público que aguardou desde cedo a chegada dos corpos das vítimas do acidente aéreo na Colômbia com o time da Chapecoense. Os corpos chegaram por volta das 12h25 ao estádio, depois de um cortejo que percorreu as ruas da cidade. As arquibancadas estão lotadas de torcedores que, emocionados, se abrigam debaixo de capas e guarda-chuvas.

Em várias partes do estádio que recebe o funeral coletivo vê-se faixas em agradecimento ao povo da Colômbia, país onde ocorreu o acidente e que prestou o atendimento e o resgate das vítimas. Na última quarta-feira (30), uma cerimônia muito emocionante em homenagem às vítimas foi realizada no estádio de Medellín, exatamente no horário em que seria disputada a final da Copa Sul-Americana.
Arena Condá recebe corpos para funeral coletivo em ChapecóDaniel Isaia/ Agência Brasil

Alguns torcedores levaram à Arena Condá, inclusive, a bandeira colombiana. "Colombia, gracias por todo", é o que diz uma das faixas. Outra, em inglês, diz "A todo mundo, o que nos resta é agradecer".

"O carinho que eles [colombianos] tiveram com todo o povo chapecoense, com todos os brasileiros, foi muito comovente. Por mais que a gente queira demonstrar o quanto estamos gratos, não há palavras para dizer o quanto estamos hornados por tê-los como irmãos, vizinhos. Eu acho que Deus colocou uma nação muito nobre, muito educada e cheia de princípios para ensinar para todo mundo a fraternidade e a solidariedades. Esses professores são os colombianos", disse Gustavo Braun, corretor de seguros que levava uma das faixas.

- Assuntos: chapeconese, Arena Condá

Rádio Cabriola

Morre Fidel Castro

Fidel Castro morre em Cuba aos 90 anos
Foto: Ismael Francisco/ Cubadebate
 A informação sobre a morte do ex-presidente Fidel Castro foi divulgada pelo irmão e atual presidente de Cuba, Raúl Castro. O comunicado foi feito em pronunciamento transmitido pela TV estatal do país. Fidel faleceu a 1h29 no horário brasileiro de verão, na madrugada do Brasil e sexta-feira em Havana. O corpo vai ser cremado neste sábado e as cinzas enterradas em 4 de dezembro na cidade de Santiago de Cuba...



Rádio Cabriola

As principais notícias da Bahia, do Brasil e do mundo. Além de música de qualidade


Geddel pede demissão

Geddel entrega carta de renúncia a Temer

Pedro Peduzzi – Repórter da Agência Brasil Edição: Lílian Beraldo

Foto: Marcelo Camargo / Agência Brasil

O ministro da Secretaria de Governo, Geddel Vieira Lima, acabou de entregar ao presidente Michel Temer uma carta na qual pede para deixar o cargo.

A informação foi confirmada há pouco pela assessoria de imprensa de Geddel. Na carta, Geddel diz que deixa o cargo por causa do sofrimento da família. "Avolumaram-se as críticas sobre mim. Em Salvador, vejo o sofrimento dos meus familiares. Quem me conhece sabe ser esse o limite da dor que suporto. É hora de sair", diz.

Após pedir demissão na última sexta-feira (18), o ex-ministro da Cultura Marcelo Calero deu entrevista alegando que sofreu pressão por parte de Geddel para liberar a construção de um edifício de alto padrão em Salvador. O empreendimento foi embargado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) por estar localizado em área tombada como Patrimônio Cultural da União. Os construtores queriam erguer 31 andares, mas o instituto só autorizou a construção de 13.

Na segunda-feira (21), a Comissão de Ética Pública da Presidência da República decidiu abrir um processo para investigar a conduta de Geddel no episódio. Por meio do porta-voz, o presidente Michel Temer afirmou que Geddel permanecia no cargo.

Na quarta-feira (23), Calero prestou depoimento à Polícia Federal e, segundo a imprensa, teria dito que o presidente Michel Temer o havia "enquadrado" e sugerido uma saída por meio da Advocacia-Geral da União para o caso. Por meio do porta-voz Alexandre Parola, o presidente Michel Temer disse que buscou "arbitrar o conflito" e negou ter pressionado Calero.



Veja a íntegra da carta:



Salvador, 25 de novembro de 2016

Meu fraterno amigo Presidente Michel Temer,

Avolumaram-se as críticas sobre mim. Em Salvador, vejo o sofrimento dos meus familiares. Quem me conhece sabe ser esse o limite da dor que suporto. É hora de sair.
Diante da dimensão das interpretações dadas, peço desculpas aos que estão sendo por elas alcançados, mas o Brasil é maior do que tudo isso.

Fiz minha mais profunda reflexão e fruto dela apresento aqui este meu pedido de exoneração do honroso cargo que com dedicação venho exercendo.

Retornado à Bahia, sigo como ardoroso torcedor do nosso governo, capitaneado por um Presidente sério, ético e afável no trato com todos, rogando que, sob seus contínuos esforços, tenhamos a cada dia um país melhor.

Aos Congressistas, o meu sincero agradecimento pelo apoio e colaboração que deram na aprovação de importantes medidas para o Brasil.

Um forte abraço, meu querido amigo.

Geddel Vieira Lima

- Assuntos: Geddel Vieira Lima, demissão, carta de renúncia, Michel Temer

Redução na renda do trabalhador

Renda do trabalhador tem redução de 5%, diz pesquisa

Flávia Villela * - Repórter da Agência Brasil Edição: Kleber Sampaio
ibge
Agência Brasil/EBC
A renda real - corrigida pela inflação - dos trabalhadores brasileiros caiu 5% em 2015 na comparação com 2014 e foi a primeira redução em 11 anos, revela a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) divulgada hoje (25) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

O rendimento de todos os trabalhos passou de R$ 1.950 para R$ 1.853.  Já o de todas as fontes, que inclui aposentadorias, recebimento de aluguéis, juros e benefícios sociais, entre outros, passou de R$ 1.845 para R$ 1.746 (-5,4%). O rendimento domiciliar foi de R$ 3.443 para R$ 3.186 (-7,5%).

Todas as categorias do emprego acusaram redução no rendimento médio mensal real do trabalho principal, com destaque para os trabalhadores domésticos com carteira assinada (-3,1%). A coordenadora da pesquisa do IBGE, Maria Lúcia Vieira, explicou que a queda está diretamente relacionada com a diminuição da população ocupada no país no ano passado.

“Foi um período em que a desocupação aumentou muito, cerca de 38%, e atingiu principalmente as pessoas ocupadas na indústria, na região Sudeste, e com carteira assinada, que têm rendimentos maiores que os sem carteira e os que trabalham por conta própria. A ocupação caiu justamente nos setores onde os rendimentos eram maiores”, disse ela.

Números da queda

Todas as grandes regiões apresentaram redução do rendimento médio mensal real de todos os trabalhos: 7,2% no Norte (de R$ 1,565 para R$ 1.453); 5,6% no Nordeste (de R$ 1.295 para R$ 1.223), 5,4% no Sudeste (de R$ 2.239 para R$ 2.117); 3,3% na região Sul (de R$ 2.149 para R$ 2.079) e 3,5% e Centro-Oeste (de R$ 2.284 para R$ 2.203).

O índice de Gini, que mede a concentração de renda e desigualdade, também sofreu redução, mas segundo Maria Lúcia, isso decorre da crise econômica do país e não da melhora na distribuição de renda. “As quedas do rendimento se deram muito mais nos 50% da população que ganham mais do que nos 50% que ganham menos e isso fez com o que o Gini caísse”, afirmou. “A concentração diminuiu porque piorou mais para quem estava melhor em vez de melhorar para quem estava pior”.

Para esse indicador, quanto mais próximo de zero menor a desigualdade, sendo o número um desigualdade máxima. O índice da distribuição do rendimento do trabalho caiu de 0,490 em 2014 para 0,485 em 2015, seguindo trajetória decrescente da série desde 2004 (0,545).

Houve queda também no índice de distribuição do rendimento médio mensal real dos domicílios particulares permanentes (0,494, em 2014, para 0,493 em 2015) e do rendimento médio mensal de todas as fontes (de 0,497 em 2014 para 0,491, em 2015).

Nordeste tem o maior nível de desigualdade

A região Nordeste apresentou o maior nível de desigualdade na distribuição desse rendimento (0,498), enquanto a Sul, o menor (0,441). Em termos de variação no período, o Sudeste registrou a maior redução do Índice de Gini de 2014 para 2015, seguida pela região Centro-Oeste.

Os 10% da população ocupada com os menores rendimentos recebiam 3,5% do valor obtido pelos 10% da população ocupada com os rendimentos mais elevados. Em 2014, essa relação era de 3,6%.

O grupo dos 10% de rendimentos mais elevados concentrou quase 40% do total de rendimentos do trabalho, registrando em média R$ 7,4 mil, valor 5,9% menor do que o de 2014. O grupo pertencente à classe dos 10% de menor rendimento mensal de todos os trabalhos recebeu 1,4% do total de rendimento.

Em 2015, 44,7% dos domicílios particulares brasileiros que declararam ter algum tipo de rendimento contavam com até 1 salário mínimo (R$ 788) por morador no domicílio dos 68,2 milhões de domicílios que declararam possuir rendimentos.

* Colaborou Ligia Souto, repórter do Radiojornalismo.

- Assuntos: IBGE, Pnad, renda do trabalhador, queda

NASA observa galáxia espiral

Telescópio Espacial Hubble da NASA observa galáxia espiral NGC 3274
Foto: ESA / Hubble & NASA, D. Calzetti

23/11/2016- São Paulo- SP, Brasil- Galáxia espiral NGC 3274 é uma galáxia relativamente fraca localizada a mais de 20 milhões de anos-luz de distância na constelação de Leão. Esta imagem do Telescópio Espacial Hubble da NASA vem da cortesia da Wide Field Camera 3 (WFC3) do Hubble, cuja visão multicolor permite aos astrônomos estudar uma ampla gama de alvos, desde a formação estelar próxima até as galáxias nas regiões mais remotas do cosmos.

Joias apreendidas na Operação Calicute

PF apresenta joias apreendidas na casa dos presos na Operação Calicute

Douglas Corrêa - Repórter da Agência Brasil Edição: Amanda Cieglinski

Joias apreendidas na Operação Calicute Polícia Federal/Divulgação

A Polícia Federal no Rio de Janeiro divulgou fotos e vídeos das quase 300 peças de joias aprendidas no apartamento do ex-governador Sérgio Cabral, no Leblon, zona sul do Rio, durante a Operação Calicute, desencadeada na última quinta-feira (17). Também foram apreendidas peças na casa de outros membros do grupo investigado na operação. O objetivo da ação é investigar desvio de recursos públicos federais em obras realizadas pelo governo do estado do Rio de Janeiro. O prejuízo estimado é superior a R$ 220 milhões.

Cabral foi preso e encaminhado ao presídio Bangu 8, no Complexo de Gericinó, depois de prestar depoimento à Polícia Federal. A mulher do ex-governador também foi conduzida à PF, de forma coercitiva, onde prestou depoimento e em seguida foi liberada.

Entre as peças catalogadas pela Polícia Federal estão anéis, relógios, colares e brincos, todos de alto luxo, adquiridas em joalherias de renome nacional e internacional. Peças cravejadas de ouro, brilhantes e colares de pérolas estão no lote das peças divulgadas pela PF. As joias estão sendo periciadas para identificar se são autênticas e o valor no mercado.

Outros presos

Na operação Calicute foram presos também: Wilson Carlos de Carvalho e Hudson Braga, ex-secretários de Cabral; Carlos Emanuel de Carvalho Miranda, sócio de Cabral na empresa SCF Comunicação e Wagner João Garcia, ex-assessor de Cabral. Foi preso ainda Luiz Carlos Bezerra, assessor de orçamento do ex-presidente da Assembleia Legislativa Paulo Melo, além de José Orlando Rabelo, Luiz Paulo Reis e Paulo Fernando Magalhães Pinto



- Assuntos: Operação Calicute, Polícia Federal, joias, Cabral

Trump: Acordo de Paris

Trump se recusa a repetir promessa de que EUA vão abandonar Acordo de Paris

José Romildo - Correspondente da Agência Brasil Edição: Kleber Sampaio

Donald Trump disse que o ar limpo e "água cristalina" são de vital importância para o mundoShawn Thew / EPA / Lusa

Duas semanas depois de ter sido eleito presidente dos Estados Unidos, Donald Trump está se recusando a repetir a promessa, feita na campanha eleitoral, de abandonar o acordo internacional sobre o clima alcançado no ano passado em Paris. Em vez de repetir que vai abandonar o acordo, ele disse que tem a "mente aberta" para estudar o assunto. Disse também que o ar limpo e "água cristalina" são de vital importância para o mundo.

O acordo de Paris foi assinado por mais de 200 países em dezembro de 2015 com o objetivo de reduzir os gases de efeito estufa e assegurar que o aumento da temperatura média global se mantenha em menos de 2 graus Celsius acima dos níveis pré-industriais. O acordo de Paris também pede que as nações façam um esforço para manter essa elevação da temperatura a 1,5 grau Celsius.

A entrevista de Donald Trump foi dada nesta terça-feira (22) a jornalistas e editores do jornal New York Times.

Na entrevista, ele abandonou outras promessas de campanha. Uma delas é que iria processar sua oponente do Partido Democrata, Hillary Clinton, pelo uso de documentos oficiais no e-mail privado da ex-candidata. E ele disse também que não tem mais certeza se torturar suspeitos de terrorismo é uma boa idéia, como havia dito na campanha.

Trump quer se distanciar da extrema-direta

Donald Trump também procurou se distanciar das ideias de pequeno movimento de extrema-direita que atende  pelo nome de Alt Right (direita alternativa). Esse grupo, conhecido por ter um discurso racista e anti-semita, comemorou a vitória de Donald Trump nas eleições. Sobre esse grupo, Trump disse o seguinte: "Eu não quero energizar o grupo, e eu rejeito o grupo".

O presidente eleito afastou também a necessidade de se desembaraçar de sua participação em empresas imobiliárias, apesar dos crescentes questionamentos da imprensa sobre como os negócios globais podem afetar a tomada de decisão do novo presidente como o principal executivo da nação.

Apesar de Trump ter voltado atrás em várias promessas de campanha, a imprensa dos Estados Unidos se mantém cética quanto à opinião do presidente eleito. Segundo o jornal The Washington Post, o presidente eleito tem um histórico de "fazer declarações inconsistentes com as anteriores, o que significa que é incerto se qualquer das posições que ele passou a defender nessa terça-feira" tenha continuidade no futuro.

- Assuntos: Donald Trump, Estados Unidos, extrema-direita

Novembro Negro

Novembro Negro inicia 16 Dias de Ativismo pelo Fim da Violência contra Mulheres

Sayonara Moreno – Correspondente da Agência Brasil Edição: Kleber Sampaio

A Bahia terá 21 dias de campanha e o foco é o combate à violência contra a mulher negra, incluindo o racismo    Sayonara Moreno/Agência Brasil

Uma das programações do Novembro Negro, em Salvador, movimentou a noite desta terça-feira (22), durante a última edição de 2016 do projeto Mulher Com a Palavra, da Secretaria Estadual de Políticas Para as Mulheres. O evento marcou, também, o início das atividades da campanha dos 16 Dias de Ativismo pelo Fim da Violência contra as Mulheres.



Segundo a secretária de Política para as Mulheres da Bahia, Olívia Santana, o estado terá 21 dias de campanha: cinco a mais que o restante do Brasil como forma de focar no combate à violência contra a mulher negra, incluindo o racismo. Santana destacou que, na Bahia, a taxa de feminicídio de mulheres brancas é de 2,4 para cada 100 mil mulheres, enquanto que, entre as negras, o índice sobe para 5,9/100mil.

“Todas as mulheres enfrentam o machismo, mas só as negras enfrentam o racismo, porque nós, mulheres negras, chegamos ao Brasil na condição de mercadoria, não com autonomia e capacidade de decidir a nossa própria história. Então, o movimento feminista é importantíssimo para a história das mulheres. As contribuições que as feministas brancas deram, ao longo dessa história, são fundamentais e incontestáveis”, destacou a secretária ao explicar o surgimento do movimento feminista entre as mulheres brancas europeias.

“Entretanto, é preciso compreender a necessidade de pensar outras dimensões do feminismo e em outras mulheres”, disse ela ao explicar a importância do feminismo negro, já que, afirmou, as mulheres negras têm demandas e necessidades diferentes das não negras”, explicou.

Mulher com a Palavra

A edição do projeto Mulher com a Palavra trouxe, além da secretária, a jornalista mediadora Rita Batista, as cantoras Preta Gil e Mc Carol e a poetisa, atriz e cantora Elisa Lucinda. Com o tema Feminismo Negro, Geração Tombamento e Outras Gerações, a roda de debates foi  composta por maioria de mulheres negras, estudantes ou integrantes de movimentos sociais feministas e do movimento negro.

As convidadas Preta Gil e Mc Carol relataram histórias de racismo das quais foram vítimas e destacaram a importância de a mulher negra - mesmo que com auto-estima e sem se abalar com a situação - denunciar casos de injúria racial ou racismo.

O lugar político da mulher negra foi outro assunto de destaque durante o bate-papo. Todas as integrantes da mesa deram ênfase à importância de a mulher negra ter espaços historicamente ocupados por pessoas brancas, inclusive no universo intelectual e da literatura, como o caso da escritora Elisa Lucinda, também atriz.

“Para a mulher negra, ter o poder da palavra também é fundamental. Porque o Brasil faz uma exclusão permanente de conteúdo, faz as pessoas acreditarem que só queremos [pessoas negras] onde tem samba, que este tipo de debate não é para a gente”, destacou Elisa Lucinda.

Com bom humor, linguagem acessível e irreverência, Mc Carol, natural de Niterói-RJ, contou sua história de vida na periferia da cidade fluminense e sua trajetória até entrar no funk, com letras politizadas, feministas e com aparência que foge dos padrões estéticos impostos pela indústria artística e da moda.

“Sou preta, da favela e gorda. Além disso, 100% feminista”, declarou a artista, que é considerada uma integrante da Geração Tombamento, expressão que representa a juventude negra atual. O grupo vem se politizando sobre seus direitos, sobre a quebra de padrões e na cobrança pela representatividade nos espaços sempre ocupados, até então, por pessoas brancas, sobretudo homens.

- Assuntos: Novembro Negro, combate à violência contra mulheres

Agressão física na escola

Mais de um terço de alunos LGBT sofreram agressão física na escola, diz pesquisa

Mariana Tokarnia - Repórter da Agência Brasil Edição: Amanda Cieglinski

Estudantes lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais (LGBT) relatam que são agredidos dentro das escolas e que isso atrapalha o rendimento nos estudos. Alguns inclusive declaram que já cogitaram tirar a própria vida por causa das agressões. De acordo com pesquisa divulgada hoje (22), 73% foram agredidos verbalmente e 36% foram agredidos fisicamente.


bandeira LGBTBandeira dos grupos LGBTArquivo/Agência Brasil


Os dados são da Pesquisa Nacional sobre o Ambiente Educacional no Brasil 2016 - As experiências de adolescentes e jovens LGBT em nossos ambientes educacionais, apresentada na Comissão de Legislação Participativa da Câmara dos Deputados. O relatório foi elaborado pela Secretaria de Educação da Associação Brasileira de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais (ABGLT).

Ausências e baixo rendimento

Entre aqueles que sofrem agressões verbais frequentemente ou quase sempre por causa da orientação sexual, 58,9% faltaram às aulas pelo menos uma vez no último mês. Entre aqueles que sofrem agressões por conta da identidade de gênero - por serem travestis ou transexuais - , 51,9% faltaram às aulas.

Em relação ao desempenho, os estudantes que são alvo menos frequente de preconceito relatam obter notas melhores do que aqueles que são vítimas da discriminação com mais intensidade. Os que relataram sofrem agressões pela orientação sexual ou pela identidade ou expressão de gênero "nunca, raramente ou às vezes", cerca de 80% disseram ter recebido notas boas ou excelentes, entre 7 a 10 pontos. Os índices caem entre aqueles que sofrem agressões frequentemente ou quase sempre por orientação sexual (73,5%) e expressão de gênero (72,4%).

Ao todo, foram entrevistados 1.016 estudantes LGBT de 13 a 21 anos que frequentaram a escola em 2015. Os dados foram coletados entre dezembro de 2015 e março de 2016 pelas mídias sociais - Instagram, Facebook e Twitter - e por email. A maior parte deles estuda em instituições públicas, 73,1%. Os demais estudam em escolas religiosas (6,5%) e outras instituições privadas (20,4%). Os estudantes não foram identificados, pois trata-se de uma pesquisa anônima.

"É importante deixar claro que não queremos privilégio, não queremos ensinar ninguém a ser gay, queremos cidadania, queremos ser respeitados", diz o secretário de Educação da ABGLT, Toni Reis. Segundo ele, o que mais impressionou na pesquisa foram os depoimentos colhidos. Um deles, reforça a fala de Reis: "Os estudantes LGBT precisam ser tratados como são os estudantes heterossexuais. Não queremos ser tratados de maneira privilegiada, nem queremos ser melhor que os outros". A frase foi dita por um estudante gay, de 17 anos, de São Paulo.

"Eu passei só a tirar notas baixas, parei de frequentar a escola, o que acabou fazendo com que eu reprovasse de ano", relatou uma estudante lésbica, de 16 anos, de São Paulo.

Suicídio

A pesquisa constatou ainda que os estudantes LGBT que vivenciaram maiores níveis de agressão verbal devido à orientação sexual ou identidade de gênero tem probabilidade 1,5 vezes maior de relatar níveis altos de depressão. Alguns dos depoimentos de estudantes evidenciam também níveis mais baixos de autoestima e até mesmo desejo de cometer suicídio.

Um estudante gay, de 17 anos, de Minas Gerais, disse em depoimento: "Penso em me matar quase todos os dias, não aguento mais ser chamado de viadinho na escola". Outra estudante, transexual, sem idade informada, do Rio Grande do Sul, reforça: "Obrigada por tudo, mas não vai ser agora a ajuda de vocês vai fazer eu parar de me cortar ou parar de querer morrer".

De acordo com os dados do levantamento, 60% dizem que se sentem inseguros na escola por serem LGBT.

Falta de preparo dos professores

Segundo a representante do Fórum Nacional de Educação (FNE) Olgamir Amância, que participou do debate, a formação dos professores é central para o combate de qualquer tipo de preconceito e agressão por identidade de gênero e orientação sexual. "A formação global que permite ver a sexualidade como importante dimensão humana não é trabalhada na formação de professores, a não ser por uma ou outra iniciativa de alguns programas", diz.

A pesquisa mostra que 60,9% dos participantes relataram que ficam muito à vontade ou mais ou menos à vontade para conversar com professores sobre questões LGBT. Metade fica à vontade para falar com pedagogos e 38,1% com diretor.

Segundo a maioria dos estudantes, 56,9%, as questões LGBT não foram abordadas na escola em 2015. Cerca de um quinto, 20,2% relatam que aprenderam questões positivas; 16,7%, questões negativas; e, 6,2%, positivas e negativas.

Na avaliação da Associação Brasileira de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais (ABGLT), para reverter esse cenário, é preciso que os professores tenham uma formação com conteúdos específicos voltados para a diversidade sexual e que haja materiais pedagógicos para promover o respeito a todos sem distinção de qualquer característica pessoal. Além disso, diz que são necessários canais para que os estudantes possam denunciar as agressões. Entre outras medidas, a associação pede políticas públicas e leis para combater a discriminação contra a população LGBT.

"Estamos trabalhando na elaboração de uma plataforma para a judicialização de casos graves. Há casos em que a União, estados e municípios se omitem. Vamos processar", diz o ativista Toni Reis. A entidade trabalha também em plataforma nacional de apoio para a prevenção de suicídio.

O Ministério da Educação (MEC) pretende lançar curso de direitos humanos para professores da educação básica, segundo o diretor de Políticas de Educação em Direitos Humanos e Cidadania, da Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização, Diversidade e Inclusão do Ministério da Educação (MEC), Daniel de Aquino Ximenes, também presente na audiência. Serão módulos de estudo online nos quais os professores terão acesso a temas como racismo, homofobia e bullying. A intenção é que eles tenham subsídio tanto para lidar com essas questões na escola quanto para levar os temas para a sala de aula. Isso deve ocorrer em 2017.

- Assuntos: lgbt, estudantes, agressão física, agressão verbal, escola

Verdades Secretas ganha Emmy

Telenovela Verdades Secretas ganha o Emmy Internacional

José Romildo - Correspondente da Agência Brasil Edição: Graça Adjuto


A telenovela brasileira Verdades Secretas ganhou o Prêmio Emmy Internacional distribuído às melhores produções para televisão fora dos Estados Unidos. O prêmio foi dado nessa segunda-feira (21) ao autor da obra, Walcyr Carrasco, em cerimônia no Hotel Hilton de Nova York. Verdades Secretas venceu os concorrentes Regra do Jogo, de João Emanuel Carneiro, a produção canadense 30 Vies - Samuel Pagé e a filipina Bridges of Love.

O Prémio Emmy Internacional é concedido pela Academia Internacional das Artes & Ciências Televisivas a programas televisivos produzidos e transmitidos fora dos Estados Unidos. A premiação, que é concedida após uma eleição entre mais mil profissionais de televisão, também escolheu Dustin Hoffman como o melhor ator na produção televisiva Roald Dahl's Esio Trot, do Reino Unido. O prêmio de melhor atriz foi dado a Christiane Paul, em Unterm Radar, da Alemanha. A melhor comédia foi Hoff the Record, do Reino Unido,  E o melhor programa de entretenimento não roteirizado foi dado a Allt för sverige, da Suécia.

A alemã Deutschland 83 foi considerada a melhor série dramática para a televisão. A série Francisco, El Jesuita , de Telemundo, venceu a categoria de melhor programa não inglês dos Estados Unidos.

A novela Verdades Secretas foi exibida pela TV Globo entre junho e setembro de 2015. A trama da novela se desenvolve no submundo da moda. Grazi Massafera, que participou de Verdades Secretas, e Alexandre Nero, que atuou em A Regra do Jogo, estavam na cerimônia. Eles também concorreram aos prêmios de melhor atriz e ator.

A cerimônia de entreqa do prêmio deste ano foi apresentada pelo ator escocês Alan Cumming, que fez vários comentários sobre os acontecimentos atuais da política americana. Ao fazer referência ao auditório do Hotel Hilton, que além de servir para a entrega do prêmio Emmy, também foi palco da apresentação pública de Donald Trump, logo após ganhar as eleições para presidente dos Estados Unidos, há duas semanas, Cumming disse: "Sinto que é minha obrigação moral informá-los. Este salão foi palco de um dos momentos mais sombrios e destrutivos de nossa história ".

A escritora americana Shonda Rhimes recebeu uma homenagem especial por sua contribuição ao mercado global de televisão. Também foi homenageada a dinamarquesa Maria Ronn, presidente da Danmarks Radio, por sua atuação como diretora de produções televisivas.

- Assuntos: emmy internacional, telenovela, verdades secretas

EUA devem sair da Transpacífico

Donald Trump diz que Estados Unidos devem sair da Parceria Transpacífico

Ap Photo/Sputnik/Greg Allen
O presidente eleito norte-americano Donald Trump, disse - em um vídeo divulgado na noite dessa segunda-feira (21) - que anunciará a retirada dos Estados Unidos da Parceria Transpacífico logo depois que tomar posse, em 20 de janeiro de 2017. A Parceria Transpacífico é um acordo de livre comércio assinado em 5 de outubro de 2015, envolvendo 12 países banhados pelo Oceano Pacífico, e constitui a principal aposta do presidente Barack Obama para o desenvolvimento do comércio internacional.

Trump disse ainda que a saída dos Estados Unidos da Parceria Transpacífico vai se dar por meio de uma notificação aos países participantes do acordo. Além disso, informou que vai eliminar as atuais restrições à produção de energia, incluindo a produção de gás de xisto. Essas restrições se referem a controle ambiental. Durante a campanha deste ano, ele afirmou que as restrições aumentam a regulação existente no país, trazendo sérios prejuízos à economia norte-americana.

Outra medida anunciada por Donald Trump é proteger a infraestrutura dos Estados Unidos de ciberataques e outras formas de ataque. No que se refere aos imigrantes, ele disse que vai orientar o Departamento do Trabalho para investigar "os abusos dos programas de vistos que prejudicam o trabalhador americano". No que se refere à ética de funcionários no governo, afirmou que vai impor  uma proibição de cinco anos para que os funcionários executivos se tornem lobistas.

Empregos

No vídeo, divulgado pelo YouTube, Donald Trump falou sobre a importância das medidas que anunciará no primeiro dia de seu governo: "Quer se trate de produzir aço, construir carros ou curar doenças, quero que a próxima geração de produção e inovação aconteça aqui, na nossa grande pátria: a América - criando riqueza e empregos para os trabalhadores americanos".

O vídeo é uma das poucas oportunidades que o público norte-americano tem de ouvir Trump diretamente. Desde que foi eleito há duas semanas, Donald Trump tem evitado falar com os jornalistas. Em vez disso, ele tem usado as redes sociais. Houve apenas três situações em que ele falou à imprensa: a primeira, assim que recebeu um telefonema de Hillary Clinton, na madrugada de 9 de novembro, dando parabéns pela vitória eleitoral; a segunda, uma entrevista ao The Wall Street Journal e a última, uma entrevista ao programa "60 Minutes ", da CBS News.

José Romildo - Correspondente da Agência Brasil Edição: Graça Adjuto

Kennedy morria há 53 anos

História Hoje: John Kennedy morria assassinado há 53 anos
Apresentação Dilson Santa Fé


Há 53 anos foi assassinado o presidente norte-americano John Kennedy, atingido por disparos de um fuzil italiano diante de 250 mil pessoas, enquanto desfilava em carro aberto. Os vidros à prova de bala do automóvel estavam abaixados. Os tiros partiram do quinto andar de um edifício próximo. O governador do Texas também ficou ferido.

Outubro de 1963. O presidente Kennedy parecia confiante sobre as chances de reeleição e passou a tratar formalmente com seu comitê político da sua candidatura à Casa Branca. No dia 12 de novembro daquele ano, durante a primeira reunião mais importante de planejamento da campanha, JFK ressaltou a importância de vencer na Flórida e no Texas e precisava visitar os dois estados nas semanas seguintes. Nove dias depois John Kennedy e a primeira-dama embarcaram no Air Force One para visitar cinco cidades do Texas.

Uma multidão entusiasmada lotou as ruas de Dallas, no Texas, Estados Unidos para saudar o presidente Kennedy, que desfilava numa limOusine aberta. Assim que a comitiva virou na rua principal por volta de meio dia e meia, tiros reverberaram na praça. Foram três disparos. O primeiro atingiu Kennedy na nuca, atravessou o pescoço e atingiu o governador Connally. O segundo falhou. O motorista não notou a gravidade da situação e não houve tempo para que o agente do serviço secreto projetasse o corpo sobre o do presidente ferido. Um terceiro tiro explodiu a cabeça de John Kennedy.

Enquanto isso, no Parkland Memorial Hospital, a uns seis quilômetros de distância, a equipe médica aguardava a chegada da comitiva, depois de receber um comunicado da polícia local. Não havia muito a fazer. Os olhos do presidente ainda estavam abertos, mas as pupilas já não reagiam à luz. Às 13 horas, John Fitzgerald Kennedy, o 35º presidente dos Estados Unidos da América, foi declarado oficialmente morto.

História Hoje: Programete sobre fatos históricos relacionados a cada dia do ano. É publicado de segunda a sexta-feira. Ouça na RÁDIO CABRIOLA

Cabriola na FLICA 2016

A Cabriola Cia de Teatro vai se juntar à Biblioteca Móvel da Fundação Pedro Calmon para Homenagear Ana Maria Machado

Foi livreira, editora, jornalista, escreveu mais de cem obras, militou ativamente para transformar o Brasil num país de leitores. Mais de 20 milhões de exemplares de seus livros foram lidos.
É provável que a história futura da literatura brasileira trace novos paralelos e comparações entre Machado de Assis (O primeiro presidente da Academia Brasileira de Letras) e Ana Maria Machado (Passados 104 anos, ocupou o posto ). A Flica já traçou o principal: são dois grandes, de estatura magnífica. Não precisamos esperar a história futura. A hora de homenagear essa grande brasileira é agora.

FLICA | Festa Literária Internacional da Bahia – Cachoreira – Bahia

10:00h
BIBLIOTECA MÓVEL – FPC
Apresentação da Cabriola Cia de Teatro (Inspirado em um dos textos de Ana Maria Machado para a Infância e Juventude)


19:00h
Mesa 5 | O mar, um mapa, a audácia
Autor(es): Ana Maria Machado
Mediador(es): Mônica Menezes

Dia das Crianças em Coité

Nossa apresentação de ontem em Conceição do Coité

Praça lotada de um público atento.


Cabriola Cia de Teatro
71 9 8629-1129
http://radiocabriola.net/

APRESENTAÇÃO DE HOJE no Teatro Dona Canô

APRESENTAÇÃO DE HOJE no Teatro Dona Canô (Santo Amaro). É sempre muito bom apresentar neste teatro que tive a honra de participar da sua inauguração, na época com a peça "O Vôo da Asa Branca".

Antes teve o café da manhã na barraca da esquina... E olhe que não foi por falta de café no teatro (Fazendo justiça: Cana Doce produções). Mas essa simplicidade é muito bom!


Cabriola Cia de Teatro
71 9 8629-1129
http://radiocabriola.net/

MÊS DAS CRIANÇAS 2016

Programação da Cabriola Cia de Teatro para esta semana:

Hoje foi no Gacc encerrando a primeira etapa em Salvador. Amanhã tem em Santo Amaro (Teatro Dona. Canô). Quarta em Conceição do Coité. Sexta, em Cachoeira, na FLICA - Festa Literária Internacional da Bahia, que reúne grandes nomes da literatura local, nacional e internacional.

Aguarde a programação das próximas semanas. Tem mais aqui em Salvador.

http://radiocabriola.net/

Furacão Matthew


Tropas brasileiras no Haiti atuam em área mais atingida por Furacão Matthew
O número de mortes no Haiti já passa de 800 por causa da passagem do Furacão - MatthewOrlando Barria/EPA/Agência Lusa/direitos reservados

Ouvir no Celular (iPhone / iPad)

224º Círio de Nazaré


Belém do Pará recebe procissões do 224º Círio de Nazaré
No domingo, a procissão percorrerá quase 4 mil quilômetros para chegar até a Praça Santuário de Nazaré - Arquivo/Wilson Dias/Agência Brasil

Dia do Nordestino

Na foto: Heraldo Souza (Cabriola Cia de Teatro) - foto: Lucas Lins


Nossa homenagem:





APP contra o Aedes

Aplicativo traz jogo interativo sobre como combater o Aedes aegypti
Aplicativo Pega MosquitoDivulgação/Prodam
Bianca Paiva - Correspondente da EBC Edição: Carolina Pimentel

O combate ao mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, da febre chikungunya e do vírus zika, tem mais um aliado, com o aplicativo Pega Mosquito, desenvolvido pela Empresa de Processamento de Dados Amazonas (Prodam). O aplicativo é uma espécie que jogo no qual o usuário precisa cumprir tarefas que previnem a proliferação do mosquito.

Curiosidade Máxima -
Curiosidades, recordes e dicas variadas com muito humor:
RÁDIO CABRIOLA 


Segundo o chefe da Divisão de Inovação do Prodam, Raphael Marinho, o jogo foi criado a partir da campanha  nacional ‘10 Minutos contra a Dengue’ da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), que orienta a população, por meio de uma cartilha, a reservar um tempo, pelo menos uma vez por semana, para eliminar os focos de criadouros do inseto.

“A ideia foi pegar essa cartilha e transformá-la em um minijogo, em que você tem um minuto para cumprir as missões, como verificar o pneu em casa, os vasos e assim por diante. Você vai fazendo essas coisas e vai ganhando uma pontuação. A gente colocou um recurso de 'gameficação' para aumentar o engajamento. A gente quis também promover um ranking onde as pessoas que estão participando sejam colocadas nesse ranking e sejam exibidas para todo mundo”, explicou Marinho.

De acordo com Raphael Marinho, a ideia é envolver crianças e adolescentes no combate ao mosquito. Mas a ferramenta também pode auxiliar profissionais da saúde.

“O foco principal é usar tanto na parte do ensino, nas escolas, ou seja, usar a web com as crianças e promover joguinhos e ensiná-los a combater com todas essas medidas de prevenção, como também focar nos agentes de saúde, se eles quiserem utilizar a web como uma maneira de checar se já foi feito tudo”.

O aplicativo Pega Mosquito por ser baixado em celulares com sistema android, na Google Play Store.

Seda na China

Exposição de fotos aborda a Nova Rota da Seda na China
Nova Rota da Seda: ponto inicial Kiang Kehong Agência Xinhua/Direitos Reservados

Fernanda Cruz - Repórter da Agência Brasil Edição: Carolina Pimentel

A exposição Nova Rota da Seda, Novos Sonhos, na capital paulista, traz 24 fotografias que visam mostrar mudanças culturais na China. As imagens foram doadas pelo jornal chinês Xinhua News e pelo consulado chinês para a Fundação Armando Alvares Penteado (FAAP), onde foi montada a mostra.

Essa e outras notícias você ouve aqui


No início do século XIX, a Rota da Seda era vista como caminho comercial entre o Oriente e o Ocidente, especificamente entre Chang'an (atual Xi'an), na China, e a Síria. Além do comércio de seda, esse caminho teve importância histórica por promover intercâmbio cultural, artístico, científico e religioso. A nova Rota da Seda, por sua vez, é uma resposta à desaceleração da economia global. O caminho tem por objetivo reforçar a cooperação entre os países, ligando a China ao resto da Ásia e também à África e Europa.

“A ideia da exposição é mostrar como a China, ao longo do tempo, tornou-se tão diversa. Ela é tão diversa que ela tem 56 etnias. Também mostra a questão da abertura da China ao mundo, o que tem a ver com o antigo conceito milenar da Rota da Seda, de comunicação entre os povos”, disse a diretora do Instituto Confúcio para Negócio FAAP, Lourdes Zilberberg.

O Instituto Confúcio para Negócios FAAP é a entidade que organiza a mostra, em parceria com a Agência Xinhua News e o consulado da China de São Paulo. A mostra fica em cartaz até 5 de novembro, no endereço Rua Alagoas, 903, Higienópolis.

* Colaborou Bruno Bocchini

- Assuntos: Nova Rota da Seda, China