Vieira viaja para Argentina para fortalecer parceria estratégica

Danilo Macedo - Repórter da Agência Brasil Edição: José Romildo

O ministro das Relações Exteriores, Mauro Vieira, viajará na próxima semana à Argentina para se reunir com o chanceler Héctor Timerman e outras autoridades do governo de Cristina Kirchiner. Será a primeira viagem do chanceler brasileiro em caráter bilateral, simbolizando a importância do principal parceiro do Brasil na América do Sul.

“A visita reflete a importância primordial da parceria estratégica entre os dois países”, declarou o Itamaraty por meio de nota. Vieira foi embaixador do Brasil em Buenos Aires entre 2004 e 2010 e assumiu defendendo uma “diplomacia de resultados”, sempre que possível auxiliando na ampliação dos mercados para produtos brasileiros no exterior.

Muitos especialistas em relações internacionais defendem que o Brasil deva cultivar entendimentos políticos, comerciais, econômicos e na área de segurança com a Argentina, mas também se desvincular do país vizinho em sua estratégia de inserção internacional. Assim, eles creem que o Brasil teria mais autonomia para estabelecer importantes acordos bilaterais.

O chanceler argentino, com quem Vieira terá encontros de trabalho, enfrenta um período de crise depois que o promotor Alberto Nisman (encontrado morto no banheiro de seu apartamento no dia 18 de janeiro) acusou o chanceler e a presidenta Cristina de terem negociado com o Irã um plano para encobrir os responsáveis pelo ataque terrorista de 1994, contra o Centro Comunitário Judaico Amia, em Buenos Aires, que matou 85 pessoas e deixou centenas feridas.



- Assuntos: Mauro Vieira, Argentina, Cristina Kirchiner, parceria estratégica

EUA vão nomear diplomata gay para defender direitos dos homossexuais

Da Agência Lusa Edição: Fábio Massalli

O secretário de Estado norte-americano, John Kerry, vai anunciar brevemente a nomeação de um enviado especial para a defesa dos direitos da comunidade de lésbicas, gays, bissexuais e transgêneros (LGBT) no mundo, informou hoje (7) o governo norte-americano. O Departamento de Estado vai selecionar um funcionário do Serviço dos Negócios Estrangeiros norte-americano que seja homossexual assumido, disse a porta-voz adjunta do Departamento de Estado, Marie Harf.

Segundo a imprensa norte-americana, a nomeação deverá ocorrer ainda este mês em resposta a um projeto de lei patrocinado pelo senador de Massachusetts Edward Markey, que defendeu a criação de um enviado para os direitos da comunidade LGBT.

Esta iniciativa é mais uma das que têm sido tomadas pelo Departamento de Estado em defesa dos direitos dos homossexuais. Em agosto de 2013, os Estados Unidos começaram a dar vistos a imigrantes de casamentos homossexuais com requisitos idênticos aos dos heterossexuais. Vários estados norte-americaos já legalizaram o casamento homossexual e, neste ano, a Suprema Corte deve julgar se estende este direito à comunidade LGBT de todo o país.

Em novembro passado, o Departamento de Estado enviou o primeiro comunicado sobre o dia da comunidade LGBT. A homossexualidade é perseguida em muitos países do mundo, onde as pessoas podem chegar a ser condenadas à pena de morte, como Arábia Saudita, Irã, Sudão e Mauritânia.

- Assuntos: lgbt, Estados Unidos, diplomacia, gays

Atentados suicidas em Bagdá deixam 36 mortos

Da Agência Lusa

Dois atentados suicidas deixaram 36 mortos e cerca de 100 feridos em Bagdá, informou a polícia iraquiana. O primeiro atentado, o mais violento, aconteceu em um restaurante do bairro de Nuevo Bagdad, a sudoeste da capital iraquiana, onde morreram 30 pessoas e 66 ficaram feridas. O segundo atentado, em um mercado no centro da cidade, deixou seis mortos e 28 feridos.

Os ataques foram cometidos por terroristas suicidas, que detonaram cintos com explosivos presos ao corpo. Os atentados ocorreram dois dias depois de as autoridades iraquianas decidirem levantar o toque de recolher à noite, em Bagdá, que estava em vigor há mais de uma década.

Desde junho do ano passado, o Iraque vive desde junho do ano passado uma luta sangrenta contra jihadistas do Estado Islâmico (EI). O grupo apoderou-se de vastas zonas do país, entre as quais uma grande parte da província de Al-Anbar, perto da fronteira com a Síria, onde os jihadistas controlam o território.

De acordo com a Missão das Nações Unidas no Iraque, pelo menos 1.375 iraquianos foram mortos e 2.240 feridos em atos terroristas e de violência no Iraque em janeiro.

- Assuntos: Iraque, Bagdá, atentado, terrorismo

Coreia do Norte testa novo míssil de alta precisão

Da Agência Lusa


A Coreia do Norte desenvolveu e testou com sucesso um novo míssil de alta precisão, que será usado em breve nas suas forças navais, informou hoje a agência oficial do país, KCNA.

Segundo a agência, o teste do míssil foi realizado recentemente sob a supervisão do líder norte-coreano, Kim Jong-un. O local do lançamento não foi divulgado.

O Ministério de Defesa sul-coreano estima que o míssil tenha sido lançado a parte da costa leste da Coreia do Norte, disse um porta-voz à agência de notícias sul-coreana Yonhap.

O diário norte-coreano Rodong publicou hoje (7) fotos do lançamento de um navio de guerra e destacou que o míssil “aumentará a capacidade de defesa das águas territoriais norte-coreanas e reagirá a qualquer ataque militar inimigo”.

As duas Coreias continuam tecnicamente em guerra. O conflito entre 1950 e 1953 terminou com a assinatura de um armistício, não de um tratado de paz.

- Assuntos: Coreia do Norte, míssil, Kim Jong-Un

Crise hídrica pode ser fator para aumento de 57% nos casos de dengue, diz Chioro

Aline Leal - Repórter da Agência Brasil Edição: Fábio Massalli

O Brasil teve 40.916 casos de dengue nas quatro primeiras semanas do ano  Arquivo Agência Brasil
O número de casos de dengue nas quatro primeiras semanas do ano aumentou 57,2% entre 2014 e 2015, saltando de 26.017 para 40.916 em todo o Brasil. O ministro da Saúde, Arthur Chioro, coloca, entre os motivos do aumento, a crise hídrica, que faz com que muitas pessoas estoquem água em casa.

“É inquestionável que a crise hídrica e a seca apresentam uma situação de risco maior para a proliferação do Aedes aegypt, na medida em que as pessoas tendem a armazenar água sem proteção. Não há problema em fazer armazenamento, mas qualquer processo de armazenamento de água deve respeitar a proteção,pois a água limpa parada, mesmo que seja de chuva, de bica, vai aumentar o risco de proliferação das larvas. O acondicionamento correto, tapar esses recipientes, é fundamental”, avaliou o ministro.

O Ministério da Saúde promove hoje (7) o Dia D contra dengue e chikungunyaArquivo Agência Brasil

Chioro disse que o governo vai fazer um estudo para ver a relação entre a falta de água e o número de casos de dengue e vai alertar para que a população guarde água com segurança. O ministro ressaltou que há uma grande preocupação com a doença, pois o aumento aconteceu em período anterior aos meses de maior incidência, que são março e abril.

“Aumentou o número de casos de dengue em um período que não era para aumentar”, disse o ministro. Ele destaca que cada lugar tem um motivo diferente para o aumento da ocorrência do mosquito e que cada família deve estar atenta aos pontos de acúmulo de água em suas casas.

Segundo Chioro, uma das situações mais preocupantes é a do município de Cruzeiro do Sul, no Acre. A cidade, que tem cerca de 80 mil habitantes, teve apenas sete casos em janeiro do ano passado, enquanto em janeiro de 2015 teve 2.305 casos.

Com esta “explosão” da doença no Acre, o estado ficou com a maior incidência, com 338,3 pessoas doentes para cada 100 mil habitantes. Goiás veio em seguida com 97,9, por 100 mil. Mato Grosso do Sul ficou em terceiro, com 42,9,

A boa notícia é que os casos graves da doença cairam 71%, de 49 para 14 no primeiro mês de 2014 para 2015. As mortes também caíram no mesmo período, de 37 para 6. Para o diretor do Departamento de Dengue e Chikungunya do Ministério da Saúde, Giovanini Coelho, esses números apontam uma melhora no sistema de saúde para tratar os pacientes.

Segundo Chioro, certamente o número de pacientes com dengue é subnotificado, pois muitas vezes os sintomas são leves e, por isso, o paciente não procura atendimento médico.

O Ministério da Saúde está promovendo hoje (7) o Dia D contra dengue e chikungunya, doença transmitida pelo mesmo mosquito da dengue, com sintomas parecidos, mas que provoca maiores dores nas articulações e diferentemente da dengue, não tem a forma hemorrágica.

Nas primeiras quatro semanas de 2014 foram contabilizados 23 casos de chikungunya, sendo 22 na Bahia e um em Goiás. Ano passado foram registradas as primeiras transmissões da doença no país. Ao todo, em 2014 foram 2.847 casos. O Ministério da Saúde está acompanhando pacientes em Oiapoque, no Acre, onde houve a maior concentração da doença, para avaliar a evolução dos casos mais graves.



- Assuntos: saúde, Dengue, seca, Chikungunya, crise hídrica, água

Plataforma para debater segurança na internet já recebeu mais de 300 comentários

Sabrina Craide - Repórter da Agência Brasil Edição: Jorge Wamburg

A plataforma que integra os debates públicos sobre Marco Civil da Internet e Proteção de Dados Pessoais teve 8,5 mil visitas e 30,9 mil visualizações na primeira semana de funcionamento. O debate sobre dados pessoais recebeu 194 comentários, enquanto o relativo ao Marco Civil recebeu 147.

No debate sobre o Marco Civil da Internet, foram abertas 40 pautas de discussão dentro dos quatro eixos do debate: neutralidade, privacidade na rede, registros de acesso e outros temas e considerações. Segundo o Ministério da Justiça, as pautas mais comentadas até o momento são “cálculo da tarifa baseado na quantidade de dados transmitidos e enviados”, com 15 comentários; “Acesso grátis viola neutralidade, conforme fundamentos da decisão no Canadá sobre serviço de TV móvel”, com 12 comentários; e “Velocidade de Internet sem corte ou redução”, com 11 comentários, todas elas dentro do eixo sobre a neutralidade da rede.

No debate sobre a proteção de dados pessoais, o item mais comentado do anteprojeto de lei foi o artigo que prevê que a norma não se aplica ao tratamento de dados realizado para fins exclusivamente jornalísticos. O primeiro capítulo do anteprojeto, que dispõe sobre o escopo de aplicação da lei, apresenta um rol de definições dos conceitos adotados e prevê princípios gerais a serem respeitados no tratamento de dados, recebeu 78 dos 194 comentários.

Os dois debates públicos foram lançados no dia 28 de janeiro, pelo Ministério da Justiça, na plataforma participacao.mj.gov.br. O objetivo é a construção colaborativa de um decreto para regulamentar o Marco Civil da Internet e de um anteprojeto de lei para a proteção de dados pessoais no Brasil.

- Assuntos: internet, marco civil, Ministério da Justiça, Proteção de Dados Pessoais

Pinguelli considera que indicação de novo presidente tira Petrobras de impasse

Cristina Indio do Brasil - Repórter da Agência Brasil Edição: Aécio Amado

O diretor do Instituto Luiz Alberto Coimbra de Pós-graduação e Pesquisa em Engenharia - Coppe, Luiz Pinguelli Rosa, disse ontem (6) que a eleição de Aldemir Bendine para a presidência da Petrobras vai fazer com que a empresa sai da atual situação de dificuldade. “Eu sou otimista. Sai-se do impasse em que ficou a antiga direção da Graça [Foster] e coloca-se um novo diretor da confiança da Presidência da República. Isso é bom. É positivo”, disse à Agência Brasil.

Pinguelli avaliou que Bendine vai assumir com a missão de recuperar a credibilidade da companhia. Para ele, é preciso passar esta fase, punir os envolvidos nos casos de corrupção e tocar para diante. “A Petrobras está produzindo petróleo do pré-sal, 600 mil barris. É um número importante. Além do petróleo da camada acima do pré-sal. Ela está em plena atividade de produção de petróleo. É preciso recuperar a imagem da empresa, prejudicada com a corrupção”, destacou.

Na área financeira, o diretor do Coppe disse que é preciso preparar o balanço auditado de 2014. “Isso tem que ser feito. Claro que tem a dificuldade de saber o que foi desviado da empresa para poder registrar. Essa é a primeira atividade de natureza, digamos, financeiro burocrática”, analisou.

Já o diretor do Centro Brasileiro de Infra Estrutura (CBIE), Adriano Pires, considerou a indicação uma frustração para o mercado que esperava, segundo ele, um nome que significasse mudança e autonomia. “O que o mercado esperava que a ela [presidenta Dilma Rousseff] tivesse uma posição semelhante a que teve quando indicou o Levy [Ministro da Fazenda] para o lugar do Mantega. Naquele momento, ela falou que a política do Mantega esgotou e que era preciso mudar a política [econômica] para se ter a esperança do Brasil voltar a crescer. Ela deu um sinal para o mercado de que queria mudar. No caso da Petrobras, a gente esperava que ela também dissesse não e não deu”, disse à Agência Brasil.

O diretor criticou ainda o anúncio ter sido feito antes do fechamento do mercado. “Mostra que o governo não está entendendo a tragédia que a empresa está vivendo, que está sendo julgada na SEC americana [entidade semelhante à Comissão de Valores Mobiliários do Brasil], que está sem balanço auditado”.

Para Adriano Pires, o novo presidente terá pela frente a necessidade de escolher uma diretoria, uma vez que quatro dos diretores foram indicados interinamente. Além disso, tem que resolver o problema da auditoria do balanço de 2014 e fazer o anúncio de um plano de investimentos. “Provavelmente terá cortes em relação aos anteriores, e deverá anunciar também um plano de venda de alguns ativos. Ele tem muita coisa para fazer e muita coisa precisa ser feita com rapidez”, ressaltou.

- Assuntos: Petrobras, Pinguelli, Bendine

OMS registra mais de nove mil mortos por ebola nos três países mais afetados

Da Agência Lusa

O número de mortos pela epidemia de ebola nos três países africanos mais afetados pela doença - Serra Leoa, Libéria e Guiné-Conacri - passou de 9 mil pessoas, informou hoje (6), em Genebra, a Organização Mundial da Saúde (OMS).

A mais recente contagem, com data de terça-feira (3), registra 9.004 mortes causadas pelo vírus, que, desde o último balanço, matou mais dez pessoas na Guiné, elevando o balanço do país para 1.957 mortos, e mais 15 em Serra Leoa, onde o número de mortos subiu para 3.301.

Na Libéria, o último registro, de domingo (1º), totaliza 3.746 mortos. Não houve atualização dos dados.

O declínio no número de novos casos nas últimas semanas gerou otimismo na comunidade internacional, que se mobilizou na luta contra o surto, principalmente quanto à necessidade de procedimentos mais seguros durante o enterro de pessoas mortas pela doença, um dos mais fortes foco de contaminação.

Os novos casos revelam que esses conselhos dificilmente são seguidos, com consequências dramáticas. Na Guiné, por exemplo, o enterro de uma pessoa vítima do ebola resultou na contaminação de outras 11 em região próxima da Costa do Marfim.

- Assuntos: ebola

Forte do Barbalho poderá ser principal centro de memória da ditadura em Salvador



Em reunião nesta sexta-feira (6), na Casa Civil do Governo do Estado da Bahia, onde foram discutidas as demandas da Comissão Estadual da Verdade da Bahia (CEV-BA), o secretário Bruno Dauster sugeriu que o Forte do Barbalho, em Salvador, seja transformado no principal centro de memória da ditadura na cidade, por ter sido o maior local de tortura de presos políticos.

O secretário, que foi preso e torturado, garantiu apoio à CEV em ações de execução imediata, a exemplo da melhoria das instalações dos locais de pesquisas, contratação de pessoal técnico e ampliação do setor de comunicações, com novas formas de divulgação do trabalho realizado pela comissão.

De acordo com Dauster, o Forte do Barbalho é o espaço mais representativo da memória da ditadura. Outro local que está sendo transformado em espaço de memória é a Galeria F, ala onde ficavam os presos políticos na Penitenciária Lemos Brito, por meio de convênio entre a CEV e a Secretaria de Administração Penitenciária e Ressocialização (Seap).

Mais dois centros são a casa de Carlos Marighella, na Baixa dos Sapateiros, e o Memorial aos Mártires, em homenagem a Carlos Lamarca e José Campos Barreto, assassinados em 1971, no povoado de Pintadas, em Ipupiara, município localizado no centro sul baiano. No Forte do Barbalho já existe uma placa na entrada e foi preservada uma cela, onde presos eram torturados.

Vítimas da repressão

A CEV apurou as violações dos direitos humanos cometidas na Bahia, entre 1964 a 1985, e identificou 538 pessoas vítimas da repressão política no estado. Dos 426 brasileiros mortos ou desaparecidos, 34 eram baianos e, entre esses, dez tombaram na Guerrilha do Araguaia. Foram ouvidas 69 pessoas em Salvador e Feira de Santana, incluindo vítimas e parentes de vítimas da ditadura.

Compõem a Comissão Estadual da Verdade o jornalista Carlos Navarro, que atualmente é o coordenador, as professoras Amabília Almeida e Dulce Aquino, o professor Joviniano Neto, o jornalista Walter Pinheiro e os advogados Jackson Azevedo e Vera Leonelli.

Secom Bahia

"Cultura Negra Viva" é tema de campanha da Sepromi para o Carnaval


A Secretaria de Promoção da Igualdade Racial do Estado (Sepromi) lança, nesta segunda-feira (9), a campanha ‘Cultura Negra Viva’, que foca a valorização do Carnaval negro e o enfrentamento ao racismo. O ato será realizado às 19h, durante o ensaio do Cortejo Afro, no Largo Pedro Arcanjo, no Pelourinho, em Salvador. O objetivo da ação é dar visibilidade ao protagonismo do povo negro, resgatando sua história, tradições e participação efetiva na construção da festa carnavalesca, além de garantir o direito do segmento em curtir um Carnaval sem racismo ou qualquer outro tipo de intolerância.

Para isso, promotores identificados com o tema da campanha distribuirão material de divulgação em pontos estratégicos da capital baiana, como aeroporto, rodoviária, porto, circuitos de bairros e espaços de concentração dos blocos afros. Diversos artistas e personalidades estão engajados na iniciativa. Eles foram fotografados e gravaram depoimentos para as mídias sociais da Sepromi. Qualquer pessoa que apoie a causa também pode participar da campanha, utilizando as hashtags #sepromi, #culturanegraviva e #carnavaldabahia. Mais informações estão disponíveis no site da Sepromi.

Secom Bahia

Inema alerta sobre as praias impróprias para banho em Salvador e Lauro de Freitas


O Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema), vinculado à Secretaria do Meio Ambiente (Sema), constatou que das 37 praias avaliadas nas cidades de Salvador e Lauro de Freitas, nove estão impróprias para o banho em decorrência de contaminação por bactérias.

Os banhistas devem evitem a Praia de Periperi (atrás da estação Férrea), Penha (em frente à Igreja N. S. da Penha), Pedra Furada (atrás do Hospital Sagrada Família), Canta Galo (atrás da antiga fabrica da Brahma, atual FIB), Ondina (próxima ao Morro da Sereia, em frente ao Edifício Maria José), Armação (em frente ao Clube Inter.Pass), Boca do Rio (em frente ao Posto Salva-Vidas), Corsário (em frente ao Posto Salva-Vidas Patamares) e Buraquinho (em frente à barraca de Praia Chalé).

De acordo com resolução Conselho Nacional do Meio Ambiente (Conama), a praia é considerada imprópria quando mais de 20% das amostras, coletadas em cinco semanas consecutivas, apresentar resultado superior a 1.000 coliformes fecais ou 800 Escherichia coli, ou quando, na última coleta, o resultado for superior a 2500 coliformes termotolerantes ou 2000 Escherichia coli ou 400 enterococos por 100 ML de água.

No período em que o tempo estiver chuvoso, as praias podem ser contaminadas por arraste de detritos diversos, carregados das ruas via galerias pluviais, podendo causar doenças. Além disso, é desaconselhável, ainda em dias de sol, o banho próximo à saída de esgotos, desembocadura de rios urbanos, córregos e canais de drenagem.

Secom Bahia

Governos Estadual e Federal apresentam investimentos no Carnaval


O governador Rui Costa, acompanhado dos gestores das secretarias envolvidas em ações durante o Carnaval, apresenta nesta segunda-feira (9), às 10h, no Sheraton da Bahia Hotel, no Campo Grande, os investimentos do Governo do Estado e de instituições federais nos sete dias de folia em Salvador e outras cidades do estado.

Na ocasião, artistas baianos que fazem parte da história dos 30 anos da Axé Music, tema da festa deste ano, serão homenageados.

Secom Bahia

Uefs divulga a quarta chamada do Vestibular 2015.1


A Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs) divulgou a quarta chamada do Vestibular 2015.1 (ProSel). A relação dos convocados e dos documentos necessários à matrícula está publicada no link do portal da instituição.

De acordo com a Uefs, a matrícula será realizada na próxima quarta-feira (11), das 9 às 11h, no auditório do Módulo 4, campus universitário. Os candidatos, que se inscreveram para a segunda opção dos cursos de licenciatura e bacharelado em física e licenciatura em letras com francês, devem confirmar o interesse para uma possível convocação até o dia 12 deste mês pela internet.

Secom Bahia

Paquistão abre mercado para carne brasileira de aves

Danilo Macedo - Repórter da Agência Brasil Edição: Aécio Amado

As autoridades sanitárias do Paquistão aprovaram a lista de estabelecimentos brasileiros credenciados pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) para exportar carne de aves para o país asiático. A informação foi divulgada hoje (6) pelo Ministério das Relações Exteriores, por meio de nota na qual o governo brasileiro informa que recebeu a notícia com “grande satisfação”.

“Concluíram-se, assim, os procedimentos relativos à abertura do mercado paquistanês para as exportações brasileiras desse produto, após esforços conjuntos do MAPA e do Ministério das Relações Exteriores”, diz a nota.

De acordo com o Itamaraty, a decisão das autoridades paquistanesas reforça a qualidade e sanidade da carne brasileira de aves e contribuirá para que o setor agropecuário nacional se fortaleça, gerando mais emprego e renda por meio da ampliação das exportações do setor.

“O Paquistão, mercado potencial de 182 milhões de habitantes, deverá representar destino importante para a carne de aves brasileira”, avalia o governo brasileiro, acrescentando que a carne de aves é a principal proteína animal consumida no país asiático, representando 40% do mercado consumido.

- Assuntos: Paquistão, exportação de carne, Itamaraty

Sociedade de Mastologia e ministério divergem sobre idade para fazer mamografia

Vinícius Lisboa - Repórter da Agência Brasil Edição: Valéria Aguiar

Após a recomendação da Sociedade Brasileira de Mastologia (SBM) de que mulheres com mais de 40 anos devem fazer a mamografia anualmente, o Instituto Nacional do Câncer (Inca) afirmou que a recomendação do Ministério da Saúde é que mulheres com 50 a 69 anos sem sinal da doença façam o exame a cada dois anos.

Segundo o Inca, a inclusão de mulheres com 40 a 49 anos no rastreamento "tem limitada evidência de redução da mortalidade, além do fato do balanço entre riscos e possíveis benefícios do rastreamento ser desfavorável". De acordo com o instituto, a mamografia tem menor sensibilidade em mulheres na pré-menopausa, devido à menor densidade mamária.

Além disso, o Inca argumenta que "não há evidências conclusivas de que a periodicidade anual traga mais benefícios do que a bienal, e os danos associados ao rastreamento aumentam muito".

O instituto não se posicionou sobre a afirmação de que é necessário distribuir melhor os mamógrafos porque não teve acesso ao estudo completo da SBM, mas afirmou que 50% das mulheres com 50 a 69 anos vivem na Região Sudeste. Ontem, referindo-se à cobertura privada e pública, o presidente da Comissão de Imaginologia da SBM, José Luis Esteves, disse à Agência Brasil que as regiões Norte e Nordeste precisam de mais mamógrafos, e que os equipamentos estavam concentrados no Sul e no Sudeste.

Ontem (5), Dia Nacional da Mamografia, a Sociedade Brasileira de Mastologia, por meio de um estudo próprio, afirmou, com base em informações do Departamento de Informática do Sistema Único de Saúde que de 10 milhões de mamografias esperadas pelo INCA em mulheres na faixa etária dos 50 aos 60 anos, apenas 2,5 milhões foram feitas em 2013. O Inca afirmou que não foi a fonte de tal estimativa e que ela não contempla a faixa etária recomendada pelo instituto.

A Sociedade Brasileira de Mastologia defende que "a mamografia feita com qualidade e com periodicidade anual ainda é o modo mais preciso de se diminuir a mortalidade por câncer de mama" e menciona uma pesquisa feita no Canadá com mulheres de 40 a 79 anos, observadas por 19 anos. Segundo a pesquisa, as canadenses que fizeram o exame tiveram uma taxa de mortalidade 40% menor.

A  Agência Brasil não conseguiu entrevistar a Sociedade Brasileira de Mastologia para comentar o assunto.

- Assuntos: Sociedade Brasileira de Mastologia, Inca, Canadá, Ministério da Saúde

Polícia Federal apreende carros e bens pessoais do empresário Eike Batista

Flavia Villela - Repórter da Agência Brasil Edição: Armando Cardoso


A Polícia Federal (PF) cumpriu hoje (6) mandado de busca e apreensão expedido pela Justiça Federal na residência do empresário Eike Batista, na zona sul do Rio de Janeiro.

A assessoria da PF informou que, durante a ação, foram apreendidos seis veículos (dois de luxo, um compacto e três utilitários, 16 relógios, R$ 90 mil em espécie e mais de R$ 37 mil em outras moedas, um Ovo Faberge, dois motores para lancha, um computador, um piano, uma escultura e um telefone celular.

Na quarta-feira (4), a Justiça Federal no Rio de Janeiro determinou o bloqueio de todos os ativos e bens do empresário, dos filhos mais velhos e das ex-mulheres. Os valores superam R$ 3 bilhões.

Há dois anos, Eike Batista foi considerado o homem mais rico do Brasil e um dos mais ricos do mundo. Após a falência de algumas de suas empresas, o empresário perdeu a fortuna e hoje responde a processos por falsidade ideológica, lavagem de dinheiro e crimes contra o mercado financeiro.

Até a publicação desta matéria, a defesa do empresário não havia se manifestado sobre as apreensões.

- Assuntos: Eike Batista Justiça Federal, carros, bens, apreensão

OAB cria Comissão Nacional da Verdade sobre a Escravidão

Karine Melo – Repórter da Agência Brasil Edição: Denise Griesinger

A ministra da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República, Ideli Salvatti, participa da cerimônia de posse da Comissão Nacional da Verdade da Escravidão NegraElza Fiúza/Agência Brasil

Resgatar a história da população negra no Brasil, inclusive as atrocidades cometidas à época da escravatura, para fazer sugestões de políticas públicas e ações afirmativas para construir uma igualdade plena no pais. Esse é o objetivo da Comissão Nacional da Verdade sobre a Escravidão Negra criada pelo Conselho Federal da Ordem dos Advogados Brasil (OAB).

Inspirada na Comissão Nacional da Verdade que investigou o período da ditadura no Brasil, o grupo composto por 57 membros – 10 advogados, 35 consultores e 15 convidados do judiciário e Ministério Público – terá prazo de dois anos para concluir o trabalho. A expectativa é que um relatório parcial das atividades seja divulgado no final de 2015, já o documento final está previsto para dezembro de 2016.

“Queremos buscar todas aquelas ações da escravidão que persistem até hoje e fazem do país um campeão da desigualdade da descriminação e do racismo. É preciso que investiguemos a fundo os fatos da escravidão assim como a Comissão Nacional da Verdade investigou fatos da ditadura e da tortura que persistem até hoje, a nossa comissão também pretende abolir, encerrar, banir os fatos que existem na escravidão até hoje”, destacou o presidente do colegiado que tomou posse hoje, Humberto Adami.

Para a realização dos trabalhos, a ministra da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da Republica, Ideli Salvatti, disse que o governo federal estará à disposição para ajudar no que for necessário. A comissão também terá parcerias com entidades como a Fundação Zumbi dos Palmares, o Instituto de Pesquisa e Estudos Afro-Brasileiros (Ipeafro), o Instituto Nzinga Mulher Negra, além de universidades brasileiras.

Apesar do esforço no âmbito da OAB, o presidente nacional da entidade, Marcus Vinicius Furtado Coêlho cobrou do governo federal uma comissão nos moldes da que foi empossada hoje pela OAB. “Somos um só Brasil. Queremos uma nação de iguais. O fim do racismo e do preconceito, não admitindo a intolerância e a discriminação, são fundamentais para a construção de uma sociedade justa, solidária e fraterna”, afirmou.

A cerimônia de posse da Comissão teve a apresentação da banda mirim do Olodum, de Salvador; da cantora Martinha do Coco e do grupo Tambores do Paranoá, do Distrito Federal. Quilombolas de Paracatu, em Minas Gerais, também se apresentaram no evento.

A ministra da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República (SDH/PR), Ideli Salvatti, participa da cerimônia de posse da Comissão Nacional da Verdade da Escravidão Negra (Elza Fiúza/Agência Brasil)

A banda mirim do Olodum, de Salvador, na Bahia, se apresentou na cerimônia de posse da Comissão Nacional da Verdade sobre a Escravidão Negra Elza Fiúza/Agência Brasil

- Assuntos: Direitos Humanos, Ideli Salvatti, Ordem dos Advogados do Brasil, Comissão Nacional da Verdade sobre a Escravidão

Aneel pode arrecadar até R$ 17 bilhões com novo valor das bandeiras tarifárias

Pedro Peduzzi - Repórter da Agência Brasil Edição: Armando Cardoso

Os novos valores das bandeiras tarifárias poderão representar aumento de quase R$ 6,5 bilhões na arrecadação prevista pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). De acordo com Tiago de Barros Correia, diretor da agência, a previsão era, no pior cenário, obter montante máximo de R$ 10,6 bilhões. Com o acréscimo, o montante pode atingir R$ 17 bilhões.

O diretor-geral da Aneel, Romeu Rufino, informou que a bandeira não representa necessariamente aumento de custo. Segundo ele, a bandeira apenas antecipa custos que teriam de ser repassados em outro momento, mas sem a incidência de juros.

Bandeira aprimora forma de repassar custo já existente ao consumidor, diz o diretor-geral da Aneel, Romeu RufinoJosé Cruz/Agência Brasil

“A bandeira aprimora a forma de repassar o custo já existente ao consumidor. Na prática, não é aumento, porque o custo seria repassado posteriormente, com acumulado do ano e remuneração pela Selic. Portanto [no formato antigo], o consumidor, além de pagar o custo com defasagem, pagava com remuneração. Com a bandeira, ele não paga o custo financeiro”, disse Rufino.

Tiago Correia lembrou que a bandeira tarifária é também um instrumento de comunicação das distribuidoras e da Aneel com o consumidor. “Se o consumidor aproveitar o sinal de preço para consumo mais consciente, ajudará a reduzir o preço da conta de luz. Estudos da Aneel mostram que 66% do consumo se concentram basicamente em ar-condicionado, chuveiro e geladeira.”

Ele acrescentou que são três itens aos quais o consumidor tem de ficar atento, porque uma redução no consumo permitirá que a bandeira vermelha não permaneça ao longo de todo o ano.

Sobre a possibilidade de o Ministério de Minas e Energia prorrogar por um mês o horário de verão, Rufino afirmou que a questão não passa pela Aneel. "A nós cabe apenas contribuir e subsidiar autoridades por meio de simulações. Estudos já estão sendo feitos, mas só a conclusão nos mostrará se vale a pena diminuir o prazo”, concluiu Rufino.

- Assuntos: Aneel, bandeiras, arrecadação, aumento

Nota de esclarecimento da Polícia Militar da Bahia


A Polícia Militar da Bahia esclarece que, na madrugada desta sexta-feira (6), por volta das 2h40, policiais da Rondesp-Central receberam, via Centel, uma informação levantada através do Serviço de Inteligência da SSP, que um grupo suspeito composto por cerca de 30 pessoas planejava arrombar uma agência bancária na Estrada das Barreiras. Durante a diligência, a guarnição encontrou um veículo abandonado naquela região. Ao realizar a verificação da ocorrência, perceberam que os bandidos, cerca de 30 homens, estavam escondidos em uma baixada. Os policiais foram recebidos a tiros, e, neste momento, um sargento foi atingindo de raspão na cabeça. Em defesa, os PMs reagiram e atingiram 15 homens. Onze baleados morreram no local, três formam socorridos para o Hospital Roberto Santos e passaram por cirurgia, e um não corre risco de morte. O sargento da PM foi socorrido, medicado e liberado. Com os criminosos foram encontradas 16 armas, muitas de calibre restrito com carregadores alongados, e farta quantidade de droga.

As ações da Polícia Militar estão intensificadas no local com o objetivo de garantir à população a tranquilidade e a manutenção da rotina no bairro. Ações no combate ao cometimento de crimes de arrombamentos de caixas eletrônicos continuarão a ser desencadeadas em todo o Estado com o apoio do serviço de inteligência e a necessária presença ostensiva.

Secom Bahia

Operação de segurança para o Carnaval contará com mais de 23 mil policias na Bahia

Foto: Manu Dias/GOVBA

Os foliões que vão curtir o Carnaval na Bahia contarão com um esquema de segurança reforçado para os dias de festa. Com investimento de R$ 37.365 milhões, um efetivo de 23.732 policiais vai atuar em Salvador e mais 23 cidades do interior do estado para garantir a ordem e a preservação da vida. A informação foi divulgada na manhã desta sexta-feira (6), durante a cerimônia de apresentação do planejamento operacional da Segurança Pública, no Hotel Pestana, na capital baiana, que contou com a presença do governador Rui Costa.

"O foco é proteger o folião que vai para a rua e o cidadão comum que só quer apreciar o Carnaval, garantindo segurança nas áreas de festa e nos acessos. A polícia baiana é reconhecida nacionalmente como uma polícia eficiente no trato de eventos de multidões. Eu não tenho dúvida de que ela vai repetir e, quem sabe, superar os resultados dos anos anteriores", afirmou Rui Costa.

Do total de agentes militares envolvidos na segurança para a folia, 18.879 são policiais e 1.453 bombeiros militares. Também fazem parte do esquema agentes da Polícia Civil e da Polícia Técnica. A Operação Folia e Paz conta ainda com dois helicópteros e dois aviões do Grupamento Aéreo da Polícia Militar da Bahia (Graer), viaturas, motos, carros e a cavalaria da PM, além de radiopatrulhamento no entorno dos circuitos, estações de transbordo e corredores de tráfego.

Interior

Além da capital baiana, o efetivo da operação para o Carnaval estará espalhado entre as cidades de Mucuri, Nova Viçosa, Alcobaça, Porto Seguro, Belmonte, Canavieiras, Itacaré, Valença, Entre Rios, Cipó, Rio de Contas, Jussiape, Paramirim, Macaúbas, Palmeiras, Paratinga, Brejolândia, Xique-xique, Barreiras, Correntina, Santa Maria da Vitória, Carinhanha e Candiba.

Secom Bahia

Setre vai fiscalizar condições de trabalho no Carnaval


Por meio das instituições integrantes do Comitê Gestor do Programa Bahia do Trabalho Decente, o Governo do Estado vai fiscalizar as condições de trabalho, sobretudo o temporário, durante o Carnaval de Salvador, com o propósito de prevenir acidentes e doenças.

As ações serão realizadas por instituições do Comitê Gestor do Programa Bahia do Trabalho Decente e vêm sendo articuladas desde o início deste ano pela Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre). O órgão aposta no projeto-piloto apresentado pela Organização Internacional do Trabalho (OIT) para a promoção da humanização da atividade laboral em megaeventos. A intenção é tomar como referência o Carnaval da capital baiana.

“Nosso compromisso é o de assegurar o respeito aos direitos fundamentais no trabalho estabelecidos pelas Convenções da OIT e ratificadas pelo Brasil e também pela legislação brasileira. Queremos prevenir e impedir o uso de trabalho forçado e de trabalho infantil durante os festejos de Momo”, afirma o secretário Álvaro Gomes. Outra preocupação é a de garantir a segurança e a saúde no trabalho para prevenir a ocorrência de acidentes e doenças provocadas pelas tarefas realizadas na festa.

No trabalho de articulação e acompanhamento dos parceiros do Comitê Gestor, a coordenação da Agenda Bahia do Trabalho Decente participou de reuniões com a Superintendência Regional do Trabalho e Emprego (SRTE) para tratar da assinatura anual do Termo de Ajuste de Conduta (TAC), com os blocos carnavalescos na contratação dos cordeiros, em conjunto com a Secretaria de Justiça, Direitos Humanos, Cidadania e Desenvolvimento Social (SJDHDS).

Conscientização

Dentro do mesmo propósito, a Setre esteve na Empresa Baiana de Gás Natural (Bahiagás) para sugerir “que a mensagem dos patrocinadores neste período de folia busque a conscientização de todos da importância do combate ao trabalho infantil e de enfatizar a necessidade de se praticar condições dignas de trabalho”. Com o Ministério Público do Trabalho (MPT), em especial, tratou sobre os TAC’s já firmados com os donos de camarotes e as empresas de montagem das estruturas para que o trabalho decente seja respeitado na sua totalidade.

Secom Bahia

Folião vítima de racismo ou intolerância religiosa terá apoio de centro da Sepromi


A Secretaria de Promoção da Igualdade Racial do Estado (Sepromi) prestará atendimento jurídico, social e psicológico a vítimas de racismo e intolerância religiosa, por meio do Centro Nelson Mandela, nos seis dias de Carnaval. O equipamento funcionará excepcionalmente no Conselho de Desenvolvimento da Comunidade Negra (CDCN), de quinta-feira à sábado, das 18 às 22h, e de domingo à terça, das 14 às 22h.

As denúncias poderão ser registradas no prédio do órgão, localizado na Ladeira do Passo, número 42, Pelourinho, ou pelos telefones 162 e (71) 3117-7438. Desde a criação da unidade, em 2013, já foram registrados cerca de 100 casos relacionados, sendo os mais frequentes em shoppings e locais de trabalho.

Secom Bahia

Secult realiza Conferência no Porto Musical em Recife


Discussões, tendências do mercado de música e convidados internacionais dão o tom do Porto Musical, encontro voltado para os profissionais da música no Brasil. A Secretaria de Cultura do Estado (Secult), marca presença no evento, por meio da realização da conferência ‘Estudo de Caso Brasil/UK Colaboração Criativa: Bass Culture Clash - Uma troca transatlântica’.

A conferência apresentará o intercâmbio musical Bahia-Reino Unido e acontece neste sábado (7), no Teatro Apolo, em Recife. Na ocasião, também serão distribuídas as coletâneas do Bahia Music Export (BMEX) para os profissionais estrangeiros no evento, especialmente os programadores de festivais. Participam do evento a assessora de Relações Internacionais do órgão, Monique Badaró, a representante da BM&A no Reino Unido, Jody Gillett, e o presidente da empresa British Underground, Crispin Parry.

Badaró explica que a ação permitiu a aproximação entre artistas de contextos culturais diversos e que apresentam afinidades e identificações estéticas e musicais, troca de informações, conhecimentos, experiências, formação de rede e realização de projetos colaborativos. "Além disso, busca dar visibilidade local, nacional e internacional a artistas da cena independente da Bahia".

O Bass Culture Clash é uma das ações do Bahia Music Export desenvolvida em parceria com a empresa British Underground com a missão de impulsionar a internacionalização do setor de música independente no estado. Todos os detalhes estão disponíveis no site da Secult.

Secom Bahia

Grito de Carnaval anima baianos e turistas com mistura de ritmos no Pelourinho



Há uma semana da abertura oficial do Carnaval de Salvador, marcada para a próxima quinta-feira (12), baianos e turistas que passaram pelo Centro Histórico já puderam curtir um pouco da mistura de ritmos que marca a festa popular na Bahia. Na noite desta quinta (5), artistas baianos se reuniram no Largo Pedro Archanjo, no Pelourinho, para homenagear os antigos carnavais e gritos carnavalescos, com o "Grito de Carnaval", uma das novidades para a folia deste ano, e organizado pela Secretaria estadual de Cultura (Secult). O evento também marcou a apresentação oficial da decoração do local.

Para fazer a festa, a Orquestra Iemanjá, o mestre ritmista Cacau do Pandeiro, o compositor Jota Veloso, a cantora e sambista Claudete Macêdo e o cantor Ninha subiram ao palco montado no largo por volta das 21h. Eles se revezaram em um repertório que incluiu marchinhas e músicas de sucesso do axé baiano. O mais novo entre os veteranos do Carnaval à moda antiga, o cantor Ninha, falou sobre a experiência. "Apesar de puxar blocos há muitos anos, estar aqui no palco com grandes nomes da música baiana, com as pessoas que fizeram história no nosso estado, é estar aprendendo. Estou honrado e emocionado de estar fazendo parte disso."

De acordo com o secretário da Cultura, Jorge Portugal, o Grito de Carnaval é um dos retratos do que espera pelo público nos sete dias de festa em Salvador. "Recuperamos a alma do Carnaval antigo, do povo, sem cordas, da diversidade e da inclusão. Esse tem sido o nosso esforço, o de entregar essa festa popular ao povo de Salvador e aos turistas que nos visitam, para que as pessoas possam verdadeiramente brincar nas ruas da nossa cidade."

Decoração

O Grito de Carnaval também marcou a inauguração da decoração montada especialmente para o Carnaval do Pelô, cujo tema de 2015 é "Festas Populares da Bahia". Ela faz referências a tradicionais comemorações realizadas no estado, como a Lavagem do Bonfim, a Festa de Iemanjá, o bumba-meu-boi, as Caretas e Mascarados de Maragojipe e a Devoção ao Divino Espírito Santo. A ambientação artesanal foi organizada pela artista visual Telma Calheira e destacam as manifestações populares como um retrato do espírito baiano de festejar, numa mistura de fé e expressão cultural.

Carnaval em Salvador

Com mais de 200 atrações, entre artistas da música, dança e outras expressões culturais, o Carnaval da Cultura, organizado pelo Governo da Bahia, recebeu R$ 10 milhões em investimentos. Os recursos apoiam os programas Carnaval Ouro Negro, Carnaval do Pelô e Carnaval Pipoca, abrangendo desde shows e desfiles de chão, até os blocos afro, afoxés, blocos de índios, de samba e microtrios.

Secom Bahia

Xanana Gusmão foi o primeiro presidente da República Democrática do Timor Leste

Ana Cristina Campos - Repórter da Agência Brasil Edição: Valéria Aguiar

Kay Rala Xanana Gusmão, o primeiro-ministro timorense que pediu demissão do cargo, nasceu em Laleia, no Distrito de Manatuto, em 20 de junho de 1946. Durante séculos, a parte oriental da ilha esteve sob colonização portuguesa e, em 1975, foi ocupada pela Indonésia.

Após a invasão indonésia, Xanana fugiu para as montanhas junto com o movimento guerrilheiro Falintil, braço armado da Frente Revolucionária de Timor Leste Independente (Fretilin). Em março de 1981, é eleito líder da resistência e comandante chefe das Forças Armadas de Libertação Nacional do Timor Leste (Falintil).

Em 1992, após 17 anos de guerrilha, foi capturado pelo Exército indonésio e condenado à prisão perpétua, decisão que foi revista mais tarde: a nova condenação determinava 20 anos de prisão.

Xanana tornou-se o preso político mais conhecido do país. Ficou detido até 1999, quando a condenação foi novamente revista em razão do forte apelo internacional. Nelson Mandela (ex-presidente da África do Sul, que esteve preso por mais de 20 anos devido à resistência ao apartheid) foi um dos que intercederam por sua liberdade.

Em agosto de 1999, em um referendo popular promovido pela Organização das Nações Unidas (ONU), 80% da população optaram pela independência do Timor. A independência foi mal recebida por milícias indonésias que, apoiadas pelo governo, invadiram o território. Cerca de 2 mil pessoas foram mortas e o agravamento da situação teve grande repercussão internacional. A ONU interveio e enviou forças de paz - da qual participaram integrantes do Exército brasileiro - para manter a tranquilidade e assegurar a ordem na região. Até maio de 2002, quando foi formalizada a existência do Timor Leste como país independente, quem governou o território foi o brasileiro Sérgio Vieira de Mello, representante da ONU.

No dia 14 de abril de 2002, Xanana Gusmão foi eleito o primeiro presidente da República Democrática do Timor Leste, tendo tomado posse em 20 de maio. O seu mandato terminou em maio de 2007.

“Xanana foi importante líder da independência timorense. Foi o nome que, naquele momento de transição, aglutinava todos os setores por ter participado da luta e ter denunciado os abusos e massacres do governo indonésio. Por ter aparecido como um porta-voz da causa timorense e ganhado grande projeção, tornou-se o primeiro presidente do país com uma vitória esmagadora”, disse o diretor-geral do Centro de Estudos em Geopolítica e Relações Internacionais, Charles Pennaforte.

Após deixar a presidência, foi eleito presidente do partido político formado em abril de 2007, o Congresso Nacional para a Reconstrução do Timor Leste (CNRT). Em 30 de junho, realizaram-se as eleições legislativas, tendo o CNRT recebido o segundo maior número de votos e formado uma aliança com três partidos políticos. Essa aliança passou a chamar-se AMP (Aliança da Maioria Parlamentar) e garantiu 37 dos 65 assentos no Parlamento Nacional.

Em agosto de 2007, o presidente da República José Ramos Horta convidou oficialmente a AMP para formar o governo e Xanana tomou posse como primeiro-ministro, com mandato até 2012. Em 2008, devido a divisões políticas, foi instaurado um clima de tensão e violência no país. Ramos Horta sofreu um atentado e foi ferido a tiros e Xanana também foi alvo de atentado, mas escapou ileso.

Em julho de 2012, nas eleições legislativas, o CNRT de Xanana recebeu o maior número de votos, garantindo 30 dos 65 assentos no Parlamento Nacional. O CNRT formou uma coligação com mais dois partidos e assegurou um total de 40 assentos.

A coligação foi convidada a participar do governo pelo presidente da República Taur Matan Ruak e, em agosto de 2012, Xanana Gusmão tomou posse como primeiro-ministro e ministro da Defesa e Segurança, para um segundo mandato de cinco anos. Xanana, que pediu demissão do cargo, disse hoje (6) que sua saída tornou-se "obrigação moral e política" e que a decisão pretende abrir caminho à nova geração.

- Assuntos: Timor Leste, primeiro-ministro, Xanana Gusmão, renúncia, cargo

Motores de avião da TransAsia falharam antes de cair no rio em Taiwan

Da Agência Lusa Edição: Graça Adjuto

Os dois motores do avião da TransAsia falharam antes de o aparelho ATR 72-600 ter caído no rio na quarta-feira (4) em Taipé, causando a morte de pelo menos 35 pessoas, informou hoje (6) o Conselho de Segurança da Aviação Civil.

"Com base nos dados que temos até agora, podemos ver que, por um período de tempo, os motores deixaram de funcionar", afirmou Thomas Wang, diretor da agência que investiga a causa do acidente.

"O motor direito incendiou-se, o que lançou alerta para a cabine. O motor esquerdo foi desligado pelo comando e o piloto tentou reiniciá-lo, mas não conseguiu", acrescentou Wang.

O ATR 72-600 caiu em um rio minutos depois da decolagem do Aeroporto Songshan de Taipé, com 53 passageiros – incluindo 31 turistas chineses – e cinco tripulantes.

O Voo GE235 tinha como destino Kinmen, pequena ilha localizada na China, mas controlada por Taiwan.

O piloto Liao Chien-tsung, de 41 anos, foi uma das 35 vítimas da queda do aparelho. Quinze pessoas sobreviveram ao acidente.

Equipas de resgate tentavam hoje encontrar oito desaparecidos.

- Assuntos: TransAsia, avião, queda, Taiwan

Venezuela ameaça deixar de enviar petróleo aos Estados Unidos

Da Agência Lusa Edição: Graça Adjuto

Venezuela pode deixar de enviar petróleo aos Estados Unidos Divulgação/Agência Brasil

A Venezuela advertiu hoje (6) que vai deixar de enviar petróleo para os Estados Unidos, caso Washington "tente algo" contra Caracas. Há três dias, a Venezuela acusou os norte-americanos de atentarem "contra o diálogo de respeito mútuo", ao anunciar novas sanções contra funcionários venezuelanos.

"Estamos na disposição de entregar a nossa vida, se for necessário, para defender esta revolução (…) nem uma gota de petróleo se tentarem algo contra a Venezuela", disse o presidente da Assembleia Nacional. Diosdado Cabello falou no estado de Anzoátegui, a 320 quilômetros a leste de Caracas, durante concentração de militantes do Partido Socialista Unido da Venezuela (PSUV).

Por outro lado, ele acusou a oposição venezuelana de ter uma agenda violenta e de ser tão má que não é capaz de fazer o seu trabalho. Têm de ser os norte-americanos a fazê-lo", disse. "Não caiamos em chantagem. Um chavista pode ficar incomodado, mas jamais irá votar na direita", acrescentou Diosdado Cabello.

Os Estados Unidos anunciaram, na segunda-feira (2), novas sanções (suspensão de vistos) contra antigos e atuais funcionários do governo venezuelano, acusando-os de serem "responsáveis ou cúmplices" por violações dos direitos humanos na Venezuela.

"Estamos enviando uma mensagem muito clara, que os violadores de direitos humanos, os que se beneficiam com a corrupção e os seus parentes não são bem-vindos nos Estados Unidos", anunciou a porta-voz do Departamento de Estado, Jen Psaki.

Segundo ela, "ao ignorar os repetidos apelos para a mudança, o governo venezuelano continua a demonstrar falta de respeito pelos direitos humanos e liberdades fundamentais".

Washington acusa Caracas de tentar "sufocar a dissidência", reprimindo manifestantes que protestam pela deterioração da situação política, econômica e de segurança no país.

Em julho, o governo dos EUA já tinha imposto restrições na concessão de vistos a 24 dirigentes venezuelanos, supostamente envolvidos em violações de direitos humanos e na repressão de protestos de grupos opositores a Maduro.

- Assuntos: venezuela, ameaça, petróleo, Estados Unidos

China critica “ingerência” dos EUA após encontro de Obama com o dalai-lama

Da Agência Lusa

A China opõe-se aos países estrangeiros que recebem o dalai-lama, disse hoje (6) um porta-voz do governo, depois de o presidente Barack Obama ter tido o primeiro encontro público com o líder espiritual tibetano exilado.

Pequim é "contra a interferência dos países estrangeiros nos assuntos internos da China, sob o pretexto de questões relacionadas com o Tibet", disse o porta-voz do Ministério dos Negócios Estrangeiros chinês, Hong Lei, aos jornalistas, acrescentando que o líder espiritual "no exílio político está há muito tempo envolvido em atividades separatistas antiChina, sob o pretexto da religião".

"Quero cumprimentar especialmente um bom amigo", declarou na quinta-feira Barack Obama, no início de um discurso para 3 mil pessoas, concentradas em Washington, a capital norte-americana. Foi a primeira vez que Obama e o dalai-lama foram vistos juntos em público.

Três encontros anteriores ocorreram a portas fechadas e fora da Sala Oval para evitar problemas nas relações com Pequim.

O anúncio do encontro, no início da semana, desencadeou reação imediata de Pequim. "Nos opomos a qualquer encontro, seja qual for a sua forma, entre um dirigente estrangeiro e o dalai-lama", declarou Hong Lei.

Washington deve "agir nessa questão, levando em conta os interesses da relação bilateral" com a China, acrescentou o porta-voz.

- Assuntos: China, crítica, ingerência, Estados Unidos, EUA, Barack Obama, dalai-lama

Estudantes têm até hoje para incluir nome na lista de espera do Sisu

Mariana Tokarnia - Repórter da Agência Brasil Edição: Graça Adjuto


Hoje (6) é o último dia para participar da lista de espera do Sistema de Seleção Unificada (Sisu). Para isso, o candidato deve acessar o boletim pessoal na página do Sisu e clicar no botão correspondente à inclusão do nome na lista.

Podem participar aqueles que se inscreveram no Sisu e não foram selecionados na primeira opção.Também podem aderir à lista os estudantes que foram selecionados na segunda opção, independentemente de terem feito a matrícula.

Os candidatos começarão a ser convocados pelas próprias instituições a partir do dia 11.

O Sisu seleciona estudantes para vagas em instituições públicas de ensino com base na nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Na primeira edição deste ano, o Sisu oferece 205.514 vagas, em 5.631 cursos, em 128 instituições. O sistema registrou quase 2,8 milhões de inscritos.

A lista com os selecionados está disponível na página do programa desde o dia 26 de janeiro.

- Assuntos: Sisu, Sistema de Seleção Unificada, Enem 2014, instituições públicas, ensino superior

Bienal da UNE faz primeiro encontro LGBT

Flavia Villela - Repórter da Agência Brasil Edição: Aécio Amado

Garantia de direitos e trajetórias, acesso ao mercado de trabalho e ao mundo acadêmico foram os temas que pautaram o primeiro encontro LGBT (lésbicas, gays, bissexuais, transexuais e transgêneros) da história da União Nacional dos Estudantes (UNE) nesta quinta-feira (5), na 9ª Bienal, no Rio de Janeiro. Centenas de pessoas participaram dos debates sobre o tema na Fundição Progresso, no centro, no quinto dia do evento.

Um dos debatedores, o escritor João W. Neri, autor do livro Viagem Solitária - Memórias de um Transexual 30 Anos Depois, foi muito aplaudido ao falar da invisibilidade dos transexuais e travestis e das barreiras, muitas vezes intransponíveis, desse público para conseguir direitos básicos.

"Que escola acolhe um trans? Não há banheiro para trans, não há emprego para trans. Não existem abrigos específicos para os trans. Que trans vai querer ir para um abrigo masculino, para ser violentado, escorraçado? A identidade não define uma pessoa, mas quando lutamos por direitos é preciso que se reafirme essa identidade”, disse.

A representante da Marcha Mundial de Mulheres, Célia Alldridge, abordou a realidade das mulheres no mercado de trabalho e a dificuldade da população LGBT de se inserir nesse mercado. “Quem não tem um perfil que se enquadre nos padrões heteronormativos sofre ainda mais”, destacou. “E quando conseguem um emprego, vemos muitos casos em que essas pessoas acabam não falando de suas companheiras ou companheiros, do que fizeram na noite passada, da vida pessoal para se preservarem. É uma autoexclusão, pois até chegar lá, passaram por muita discriminação”, declarou Célia.

Dentre as políticas públicas defendidas no encontro, foram abordadas a criação de cotas para transexuais nas universidades e a obrigatoriedade da cadeira de gênero e sexualidade nas universidades, bem como de cursos de capacitação para professores e funcionários nas escolas públicas sobre transexualidade e homossexualidade para evitar bullyings e preconceitos.

Os debatedores, em vários momentos, defenderam o Projeto de Lei 5002/13, que leva o nome de João Neri, criado pela deputada federal Erika Kokay (PT) e pelo deputado federal Jean Willis (PSOL), e que tramita no Congresso.

“Em suma, [o projeto] diz que um trans pode ir ao cartório e mudar seu prenome e gênero sem necessidade de cirurgia, de hormonização, laudo psiquiátrico, sem perder o direito ao SUS [Sistema Único de Saúde] e despatologiza a transexualidade.  A definição de homem e mulher é uma convenção social. Você tem o direito de ser quem quiser”, disse o escritor.

De acordo com a diretora LGBT da UNE, a estudante Larissa Passos, ao fim do encontro será redigida uma carta com orientações ao governo para garantir mais direitos ao grupo LGBT.

“Este encontro é muito representativo, pois muitos desses estudantes [LGBT] não estão dentro das escolas e das universidades por conta das opressões”, ressaltou. “Este é um espaço que propõe debater uma cultura política que rompa com essa velha cultura que nos oprime e mata diariamente”.

Larissa explicou que a carta também fará críticas ao Exército Brasileiro por ter emitido nota contra a criminalização da homofobia.

- Assuntos: UNE, lgbt, bienal

Ministério da Justiça retira do Facebook propaganda criticada por internautas

Michèlle Canes - Repórter da Agência Brasil Edição: Fábio Massalli

O Ministério da Justiça retirou de sua página da rede social Facebook uma das peças da campanha “Bebeu, perdeu. Curta a adolescência sem beber”, que será lançada no carnaval. A ação foi tomada depois de uma série de comentários negativos feitos por usuários que apontaram conteúdo machista na campanha, ao culpar as mulheres vítimas de violência pela agressão sofrida, e não o autor da violência. A foto traz três mulheres – duas delas rindo de outra - e a frase “Bebeu demais e esqueceu o que fez? Seus amigos vão te lembrar por muito tempo.”

Homens e mulheres se manifestaram contra o conteúdo da peça. “Campanha para culpar a vítima, e não o agressor”, escreveu uma das internautas. Outra pessoa destacou que a campanha insinua que a mulher pode ser culpada pela violência que sofreu depois de ter bebido. Outro usuário critica o fato da hashtag, a qual chamou de vergonhosa, ainda estar sendo usada.

Em resposta às reações, o ministério publicou em seu perfil um pedido de desculpas aos usuários.  “A campanha #‎BebeuPerdeu é muito mais do que isso. Nós nos equivocamos com a peça. Ela tem o objetivo de conscientizar jovens de até 24 anos sobre os malefícios do álcool. Atuamos em políticas públicas em conjunto com a Secretaria de Políticas para a Mulher contra a violência doméstica, o feminicídio e outras formas de violência contra a mulher. Pedimos desculpas pelo mal-entendido e, ao mesmo tempo, contamos com a colaboração de todos na campanha. Abraços.” Mesmo com o pedido de desculpes, a postagem recebeu novas críticas.

Segundo o diretor de Comunicação da pasta, Marcone Gonçalves, a peça estava equivocada e, por isso, houve incompreensão do material. Ele disse que, apesar de o ministério permanecer com a campanha, todo o conteúdo das peças será reavaliado. Para ele, as reações foram salutares. "O ambiente democrático das redes sociais é para isso. A crítica é fundamental para o ministério fazer mais e fazer melhor".

O tema deste ano retoma a campanha feita no carnaval de 2014 e, segundo a assessoria, foi a responsável por agregar cerca de 400 mil usuários ao perfil do ministério no ano passado. A ideia é mostrar situações que podem ser causadas pelo excesso de consumo do álcool. Ainda segundo a assessoria, a campanha será lançada no carnaval e divulgada até o fim deste ano em diferentes eventos.

- Assuntos: carnaval, Ministério da Justiça, #‎BebeuPerdeu, campanha, facebook

Francisco será primeiro papa a discursar no Congresso americano

Da Agência Lusa Edição: Nádia Franco

O papa Francisco vai discursar no Congresso dos Estados Unidos no dia 24 de setembro, anunciou hoje (5) o presidente da Câmara dos Representantes, o republicano John Boehner.

“Nesse dia, Sua Santidade será o primeiro papa na história a se dirigir a uma sessão conjunta do Congresso”, afirmou Boehner. “Estamos agradecidos que o santo padre tenha aceitado nosso convite, e ansiosos para receber a sua mensagem em nome do povo americano”, acrescentou.

Nancy Pelosi, líder da Minoria na Câmara dos Representantes, afirmou que os legisladores americanos estão “honrados e muitos felizes pelo fato de o papa Francisco, o primeiro pontífice nascido nas Américas, ter aceitado o convite”.

O pontífice, nascido na Argentina, “renovou a fé dos católicos em todo o mundo e inspirou uma nova geração de pessoas, independentemente da sua filiação religiosa, a serem instrumentos de paz", acrescentou a democrata.

O papa Francisco confirmou a visita aos Estados Unidos em setembro deste ano para participar de um encontro mundial de famílias. Francisco será o quarto papa a visitar os Estados Unidos.

- Assuntos: Papa nos Estados Unidos, John Boehner, Nancy Pelosi

Anatel quer 90% dos orelhões da Oi funcionando até o fim de março

Sabrina Craide - Repórter da Agência Brasil Edição: Armando Cardoso

A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) determinou hoje (5) que pelo menos 90% dos 650 mil orelhões operados pelas concessionárias do Grupo Oi deverão funcionar plenamente até 31 de março deste ano.

A empresa opera no Distrito Federal e em todos os estados do país, exceção para São Paulo.

Nas localidades atendidas apenas por orelhões, o percentual sobe para 95%. A instalação e manutenção dos orelhões é uma obrigação das concessionárias de telefonia fixa.

Nos estados nos quais não forem atingidos os patamares mínimos de disponibilidade, as concessionárias deverão pagar multa diária de R$ 50 mil ou fornecer gratuitamente chamadas a partir de seus orelhões.

A Oi tem cinco dias para informar o interesse em conceder gratuidade nas chamadas originadas de utilização gratuita de seus orelhões nos estados afetados.

A Oi informou que não comentará a decisão da Anatel



- Assuntos: Anatel, orelhões, Oi, funcionamento, multa

Francisco Bosco é nomeado presidente da Funarte

Akemi Nitahara - Repórter da Agência Brasil Edição: Fábio Massalli

Foi publicada hoje (5) no Diário Oficial da União a nomeação de Francisco Bosco para o cargo de presidente da Fundação Nacional de Artes (Funarte). A mesma edição traz o decreto que exonera Guti Fraga do cargo.

A instituição, vinculada ao Ministério da Cultura (MinC), tem como objetivo o incentivo à produção e à capacitação de artistas, o desenvolvimento da pesquisa, a preservação da memória e a formação de público para as artes no Brasil. As áreas de atuação da Funarte incluem artes visuais, circo, dança, música e teatro.

Francisco Bosco é letrista e escritor, autor dos livros Alta Ajuda, Banalogias, Dorival Caymmi e Da Amizade. Filho do cantor e compositor João Bosco, é doutor em teoria literária pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e jornalista, com atuação no jornal O Globo, onde mantém uma coluna em que trata sobre cultura, política e temas da atualidade, e também escreveu para as revistas Trip e Cult.

Entre os desafios que Bosco vai enfrentar estão a elaboração da Política Nacional das Artes e a revitalização e fortalecimento da própria Funarte, uma prioridade da nova gestão do ministro Juca Ferreira, segundo nota divulgada pelo MinC.

Também foi nomeado hoje João Brant como novo secretário executivo do MinC. Ele foi assessor especial na Secretaria Municipal de Cultural de São Paulo e é mestre em regulação e políticas de comunicação pela London School of Economics and Political Science (LSE). Também participou da fundação do Coletivo Intervozes, que promove o direito à comunicação e à democracia no Brasil, e é doutorando em ciência política na Universidade de São Paulo (USP).

- Assuntos: Funarte, Ministério da Cultura, política nacional das artes

Banda Alegria sem Ressaca adere à campanha "Craque que é craque não usa crack"

Alana Gandra - Repórter da Agência Brasil Edição: Stênio Ribeiro

A Associação Brasileira de Alcoolismo e Drogas (Abrad) promove, no próximo dia 8, uma semana antes da abertura oficial do carnaval, novo desfile da Banda Alegria sem Ressaca pela orla de Copacabana, zona sul do Rio de Janeiro. Integrada por dependentes químicos em tratamento, ex-dependentes, parentes, especialistas e amigos, a banda faz prevenção à dependência química e ressalta que ninguém precisa usar drogas ou abusar de bebida alcoólica para se divertir.

O presidente da Abrad, psiquiatra Jorge Jaber, disse hoje (5) à Agência Brasil que este ano a banda está adicionando ao movimento a campanha “Craque que é craque não usa crack”, da Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP). A Abrad se uniu à ABP, e vamos fortalecer o movimento contra o crack. Estaremos divulgando esse tema, com participação de grandes ídolos do  Clube do Flamengo, informou Jaber.

O desfile da banda contará com alguns ex-jogadores que fizeram história no Flamengo. Entre eles, Arthur Antunes Coimbra (Zico), Adílio e Nunes, que trouxeram para o país os títulos de campeão mundial interclubes e da Copa Libertadores da América, em 1981, entre outros certames. Os atletas vão segurar uma faixa com a frase-tema da campanha.

Adílio, que é presidente da Associação de Ex-Atletas do Flamengo e do Estado do Rio de Janeiro, disse que a luta contra as drogas é uma causa de todo mundo, “porque a gente sabe que isso aí é contra o esporte, a humanidade, contra tudo”. Para o veterano jogador, droga não combina com o ser humano, “porque ele se transforma. Quando está envolvido com bebida, com tóxico, ele se torna outro tipo de pessoa. Isso não é bom para ninguém. A gente apoia essa causa, porque entendemos que temos que estar junto das pessoas que combatem as drogas e o álcool”.

Este ano, a madrinha e rainha da Banda Alegria sem Ressaca é a cantora e sambista Teresa Cristina, conhecida como Flor da Lapa. Ela substitui a atriz Luiza Tomé, que reinou no cargo quatro anos. Teresa Cristina cantará durante o desfile com a banda oficial do Cordão da Bola Preta, parceiro da Abrad.

O presidente do bloco Cordão da Bola Preta, Pedro Ernesto Marinho, disse à Agência Brasil que a ideia é manter a agremiação abraçada às causas sociais. Uma oportunidade para isso é a Banda Alegria sem Ressaca, cuja característica é o combate ao uso de drogas. “É mais um avanço para o Bola Preta, na direção da responsabilidade social”, destacou.

O desfile do Bola Preta, no sábado (14) de carnaval, homenageia os 450 anos de fundação da Cidade Maravilhosa, e durante a festa será reafirmado o apoio do bloco à luta da Abrad e da ABP contra as drogas. “A gente acha que tudo é permitido, é possível. Só que a pessoa tem que estar consciente dos seus atos, porque ela decide tomar um porre, por exemplo, e depois vai dirigir. Ela tem que lembrar que, muitas vezes, pega o volante depois que usou álcool e acaba desgraçando a vida de quem não tem nada a ver com isso. Acho que é importante o Bola Preta estar irmanado nessa conscientização de evitar o uso de drogas”, externou Marinho.

Jorge Jaber disse que o objetivo é criar na sede do Cordão da Bola Preta, na Lapa, um serviço de tratamento gratuito para usuários de crack e outras drogas. Salientou, entretanto, que o serviço estará disponível apenas para pessoas carentes. Jaber acrescentou que a ideia é também aproveitar a sede campestre do bloco, em Teresópolis, na região serrana do Rio de Janeiro, para expandir o tratamento de dependentes químicos.

- Assuntos: carnaval, drogas, campanha, Abrad, ABP, futebol, Bola Preta, Responsabilidade social, tratamento, saúde

Detran anuncia ações e serviços para o folião durante o Carnaval


O diretor-geral do Departamento Estadual do Trânsito (Detran), Maurício Bacelar, divulgou nesta quinta-feira (5) as ações do órgão para o Carnaval 2015. Este ano, estará nos circuitos da folia a campanha educativa ‘Balada Consciente’. A ideia surgiu para aproveitar a campanha que já é realizada em pontos estratégicos da cidade e levá-la para o Carnaval.

Vinte equipes da Escola de Trânsito do Detran vão percorrer os circuitos distribuindo material com informações sobre a importância do respeito aos limites de velocidade, o uso de equipamentos obrigatórios do veículo, além do alerta para os riscos de dirigir sob o efeito de bebida alcoólica. O diretor aposta na iniciativa para conscientizar os motoristas. “Montamos uma força-tarefa para espalhar na avenida a mensagem do trânsito seguro, com o objetivo de evitar acidentes e garantir uma balada carnavalesca da paz”, ressaltou.

O Detran terá um posto central de atendimento em Ondina e dois módulos avançados, no Campo Grande e na Barra, com efetivo de cerca de 200 pessoas. O órgão também fará blitz durante o Carnaval, em parceria com o Esquadrão Águia da Polícia Militar, e será o responsável pela liberação dos trios elétricos e carros de apoio para o desfile.

2ª via de documentos

Na parte de documentação, o Detran traz uma novidade. “Decidimos ampliar os serviços para o folião, oferecendo também a 2ª via da carteira de habilitação (CNH), porque o Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo (CLRV) – o documento do carro – já era disponibilizado. É um avanço que conseguimos graças ao empenho dos servidores e o compromisso dessa gestão de facilitar a vida do cidadão”, afirmou Maurício Bacelar. Para a carteira de habilitação, o usuário deverá pagar a taxa de R$ 46,80. Para o CRLV, basta levar dois quilos de alimentos não perecíveis, que serão doados a instituições beneficentes.

Secom Bahia

Participantes de rali náutico de volta ao mundo começam a chegar à Bahia




A Bahia recebe pela quarta vez o Rali Náutico World Arc, um dos cruzeiros mais conhecidos de volta ao mundo. Na noite de quarta-feira (4), 20 embarcações de 45 a 61 pés, de 15 países, chegaram ao Terminal Náutico de Bahia, em Salvador,  onde até o próximo sábado (7) todas devem atracar. O evento tem apoio do Governo do Estado, por meio da Superintendência dos Desportos do Estado (Sudesb).

O rali, no estilo Cruzeiro de Aventura, passa pelos oceanos Atlântico, Pacífico e Índico. Os velejadores partiram da ilha de Santa Lúcia, no Caribe, atravessando o Canal do Panamá, Equador, Polinésia Francesa, Austrália, Indonésia, África do Sul e Santa Helena. De Salvador, segue em direção à cidade de Granada, na Espanha.

Até à Bahia, velejadores de países como a Irlanda, Espanha, Suíça, Canadá, Portugal, Inglaterra, Estados Unidos, Mali, Holanda, entre outros, terão que concluir a passagem pelo Atlântico Sul, completando uma viagem de 3.600 milhas náuticas. O destino final é o mesmo iniciado, na ilha de Santa Lúcia, depois de mais de 26 mil milhas náuticas em 15 meses velejando ao redor do mundo. O ritmo do rali permite que a frota fique próxima, possibilitando aos velejadores desfrutarem de atividades em terra como um grupo.

Desde 2007, o estado entrou na rota de grandes regatas, o que resultou das políticas desenvolvidas pelo governo estadual para atrair competições náuticas, nacionais e internacionais, a exemplo da Regata Aratú/Maragogipe, Rally desilesdu Soleil, Mini Transat 6.50, Regata Heineken Cape to Bahia, Charente-Maritime/Bahia Transat 6.50 e Word Arc, além de duas edições internacionais do Cruzeiro Costa Leste, em 2008 e 2010.

Secom Bahia

Autorizada a construção da Linha 2 do metrô Salvador - Lauro de Freitas


A ordem de serviço para o início da construção da Linha 2 do metrô, ligando Salvador a Lauro de Freitas, foi assinada nesta quinta-feira (5) pelo governador Rui Costa, durante a inauguração dos bicicletários das estações do Retiro e do Acesso Norte. A obra vai melhorar e ampliar os recursos destinados à mobilidade na capital baiana, tendo investimento aproximado (Linha 1 e Linha 2) de R$ 3,6 bilhões, por meio de Parceria Público-Privada (PPP) com a CCR Bahia.

“É um projeto importantíssimo para Salvador e para a Bahia. Hoje nós autorizamos o início da Linha 2, que vai chegar até Lauro de Freitas, garantindo que Salvador terá 41 quilômetros de metrô até 2017. É um marco para nossa capital e motivo de comemoração”, afirmou Rui.

O diretor-presidente da CCR, Luis Valença, disse que o contrato de PPP é robusto e completo. “Nós já entramos com mais de R$ 1 bilhão em recursos e precisamos que o projeto funcione. Uma PPP só funciona se o projeto for executado, ficar pronto. Isso, o que garantem são o contrato e o modelo. A população pode ficar tranquila porque terá um transporte seguro, rápido e de qualidade”.

Segundo o estudante Felipe Prazeres, o metrô agilizou sua vida. “Tenho conseguido chegar aos lugares sem passar por engarrafamento. Posso ir à Lapa, ao Campo da Pólvora, para onde vou quase todos os dias. Eu perdia muito tempo parado no trânsito”. Para ele, a Linha 2 será fundamental. “O impacto da nova linha será grande porque vai atravessar uma das regiões mais movimentadas da cidade. Então, quanto mais rápido a obra for concluída, melhor para a população de Salvador.

Geração de empregos

Rui Costa destacou que a construção da Linha 2 é importante também para a geração de emprego e renda, uma vez que serão sete mil funcionários trabalhando na construção desse trecho do metrô, número que pode chegar a nove mil no período de pico das obras.

O carpinteiro Edson Bonfim vai trabalhar na obra. “O governo está empenhado em mobilidade e em gerar emprego para nós. Muitos pais que estavam desempregados, como eu, [agora] estão trabalhando e sustentando a sua família, graças a esta obra”.

Integração e nova rodoviária

O governador disse que a integração do metrô com os demais modais de transporte está sendo acompanhada pela Casa Civil do Estado. “Eu me reuni com os empresários do transporte da Região Metropolitana de Salvador [RMS] e pedi para acelerar esta integração, pois eu quero que esteja concluída até junho, quando a Estação de Pirajá vai entrar em funcionamento”.

Segundo Rui, ele também já se reuniu com o ministro do Planejamento [Nelson Barbosa] para conversar sobre os projetos estruturantes, que serão licitados em breve, como o do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT) e a construção da nova estação rodoviária, que vai receber também o metrô, BRT e ônibus metropolitanos e intermunicipais, além dos interestaduais.

De acordo com o governador, a nova rodoviária será associada ainda à construção de um grande equipamento de negócios que vai gerar milhares de empregos para os moradores da região. “A idéia é ter um empreendimento comercial associado a esta plataforma. Isso vai ser bom para a população de Cajazeiras, Paripe, Pau da Lima, que muitas vezes precisa se deslocar até a Barra, Ondina ou Comércio para trabalhar. Estas pessoas passarão a ter mais oportunidades de emprego perto de casa”.

Bicicletários

Os bicicletários inaugurados por Rui Costa nas estações do Retiro e do Acesso Norte têm capacidade para 108 bicicletas cada um. Os equipamentos são destinados ao uso exclusivo dos usuários do sistema metroviário. Segundo Rui Costa, o Estado vem estimulando o uso das bicicletas.

“As avenidas Pinto de Aguiar, Orlando Gomes, 29 de Março e Gal Costa terão ciclovias. As pessoas vão poder percorrer de bicicleta um pequeno trecho de casa até as estações de metrô e seguir para o trabalho. Vamos estimular que as empresas também montem bicicletários para que o trabalhador possa guardar sua bicicleta com segurança”, reforçou o governador.

Atendente do bicicletário inaugurado na Estação do Retiro, Geysiane Araújo informa que ao usar o bicicletário, pela primeira vez, a pessoa receberá as normas de funcionamento do equipamento. “Na chegada, é preciso apresentar documento com foto e comprovante de residência. O cadastro vai gerar dois cartões de identificação, um para o usuário e outro que fica preso na bicicleta. No retorno, ele deve apresentar o cartão e o documento para liberação da saída da bicicleta”.

Mobilidade Salvador

Segundo o secretário do Desenvolvimento Urbano, Carlos Martins, estão sendo investidos no Programa Mobilidade Salvador, do qual o metrô faz parte, cerca de R$ 8 bilhões. Os investimentos contemplam também as avenidas Gal Costa e 29 de março, corredores estruturais que vão ligar a orla do subúrbio à atlântica. Vamos substituir o trem do subúrbio por um VLT moderno, até o comércio. Já fizemos obras importantes como o Sistema Viário do Imbuí e as marginais da Paralela. São obras que visam desafogar o trânsito de Salvador e dar qualidade de vida às pessoas”.



Secom Bahia

Mãe reconhece corpo de brasileiro desaparecido na Indonésia

Danilo Macedo - Repórter da Agência Brasil Edição: Beto Coura

A mãe do brasileiro Fernando Vieira Campello, desaparecido desde a semana passada na Indonésia, confirmou hoje (5), por meio de sua conta no Facebook, que reconheceu o corpo do filho. Luciana Vieira viajou à indonésia no domingo (1º) para ajudar nas buscas ao rapaz. O Itamaraty confirmou o reconhecimento.

“O amor da minha vida foi chamado pelo Senhor. Dói demais, mas acredito que ele esteja em paz, pois sua passagem por aqui foi uma aventura maravilhosa”, escreveu Luciana. Na terça-feira, ela e amigos não tinham reconhecido o corpo encontrado no mar, em decomposição, da região de Lombok.

Como o corpo foi desfigurado, o reconhecimento não é totalmente seguro. A Embaixada do Brasil em Jacarta solicitou exame para confirmar se é do brasileiro desaparecido. Mas, por uma tatuagem e a comprovação de uma cirurgia pela qual o corpo havia passado, Luciana reconheceu o filho na segunda tentativa.

“Confirmamos que Luciana Vieira identificou positivamente o corpo como sendo de seu filho, no hospital Maratam, na ilha de Lombok. A senhora Vieira é acompanhada, em Lombok, por diplomata da Embaixada do Brasil em Jacarta, que permanecerá prestando assistência à brasileira”, informou o Ministério das Relações Exteriores.

- Assuntos: Fernando Vieira Campello, Luciana Vieira, Itamaraty, Brasileiro morre na Indonésia

Estado do Rio solicita 236 profissionais pelo Programa Mais Médicos

Flavia Villela – Repórter da Agência Brasil Edição: Denise Griesinger


O Rio de Janeiro solicitou mais 236 profissionais do Programa Mais Médicos para trabalhar no estado. Ao todo, 34 cidades fluminenses aderiram ao novo edital. Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense, foi o município que fez maior número de pedidos (46 profissionais), seguido de Duque de Caxias (21) e Belford Roxo (19), também na Baixada. No estado, 222 profissionais já participam do programa, sendo 198 deles estrangeiros. Desse total, 70 estão na capital.

A expectativa do Ministério da Saúde é que mais de 4 mil profissionais participem dessa fase do programa. Com isso, 18.247 profissionais prestarão serviços de atenção básica em 2015. Segundo o ministro da Saúde, Arthur Chioro, a nova etapa do Mais Médicos vai expandir o atendimento para cerca de 63 milhões de pessoas.

O Nordeste foi a região com a maior demanda por profissionais (1.784 médicos), seguido do Sudeste (1.019 médicos), Sul (520), Norte (395) e Centro-oeste (393). Também serão abertas 35 oportunidades em distritos indígenas.

Caso as vagas não sejam preenchidas nesta etapa por médicos brasileiros, no dia 10 de abril, será aberta chamada para brasileiros formados no exterior e, em 5 de maio, para médicos estrangeiros. A cada trimestre, o Ministério da Saúde lançará edital para oferta de vagas em municípios que ainda não aderiram ao programa.

- Assuntos: Programa Mais Médicos

Contra-ataque do Boko Haram no Camarões deixa 100 mortos

Da Agência Lusa Edição: Marcos Chagas

Treze militares chadianos e seis camaroneses, assim como 81 civis, morreram ontem (4) em um contra-ataque dos radicais islâmicos nigerianos do Boko Haram na região de Fotokol, no Camarões, informou hoje (5) o ministro da Defesa camaronês, Edgar Alain Mebe Ngo’o. O contra-ataque do Boko Haram a Fotokol, na fronteira com a Nigéria, acabou sendo repelido.

As tropas do Chade lançaram, na terça-feira (3), ofensiva terrestre na Nigéria a partir de Fotokol, tomando a cidade nigeriana fronteiriça de Gamboru, após violentos combates que causaram nove mortes entre os chadianos e mais de 200 entre os fundamentalistas, segundo fonte militar do Chade.

No dia seguinte, combatentes do Boko Haram promoveram um contra-ataque a Fotokol, infiltrando-se na cidade e matando civis nas suas casas e em mesquitas antes de serem repelidos pelas forças camaronesas, apoiadas pelas chadianas, que voltaram a cruzar a fronteira de Camarões para ajudar no combate aos radicais islâmicos.

Os contínuos ataques do Boko Haram, que estendeu sua ação do Nordeste da Nigéria a Camarões, ameaçam cada vez mais o equilíbrio regional, pressionando também o Níger e o Chade.

- Assuntos: Boko Haram, Nigéria, Camarões, Chade, Níger

CPI da Petrobras só deve ser instalada após o Carnaval, diz Cunha

Luciano Nascimento - Repórter da Agência Brasil Edição: José Romildo

O presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), disse hoje acreditar que a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Petrobras só será instalada após o Carnaval. “Acho mais viável [a instalação da CPI] depois do Carnaval.”

Após a sessão na qual leu no plenário o ato de criação da CPI da Petrobras, ele ressaltou que há pouco tempo para que os partidos indiquem seus representantes, antes da pausa nas atividades do Parlamento em razão das festas carnavalescas. De acordo com o presidente da Câmara, há também necessidade de tempo para definição dos nomes dos novos líderes. Alguns partidos, entre eles o PMDB, ainda não chegaram a um consenso a esse respeito.

Cunha ressaltou, porém, que a ausência de indicações dos partidos não vai atrapalhar a instalação da CPI. “Isso não vai acontecer”, disse ele, alertando para a possibilidade de ele indicar os nomes em caso de demora dos partidos, prevista regimentalmente.

O PT e o PMDB devem disputar a presidência ou a relatoria da comissão. Pela divisão dos blocos, das 26 vagas, os dois partidos têm direito a três cada. Ontem, o líder do PT na Câmara, Sibá Machado (AC), adiantou que, com a maior bancada da Casa, o partido vai pleitear a presidência ou a relatoria da comissão.

Hoje (5), o líder do DEM, Mendonça Filho (PE), disse que o partido, que pela distribuição tem direito a uma vaga, pleiteará um dos cargos. Contudo, Cunha indicou que o PMDB não cederá a vaga.




- Assuntos: CPI, Petrobras, líderes, presidente da Câmara

IPVA pode ser pago com desconto até esta sexta-feira


A corrida para a quitação do licenciamento anual do veículo já começou. Sendo assim, os proprietários devem ficar atentos à data de vencimento para evitar transtornos futuros. Para quem deseja aproveitar o desconto de 10% sobre o valor do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) 2015 pode efetuar o pagamento, em cota única, até esta sexta-feira (6). Para isso, o proprietário deve comparecer a qualquer agência ou caixa eletrônico do Banco do Brasil e Bradesco, com o número do Renavam em mãos.

De acordo com o Art. 230 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB) se um condutor com um veículo não licenciado for parado em uma blitz, levará uma multa de caráter gravíssima, no valor de R$ 191,54, inclusão de sete pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH), além do recolhimento do veículo. Ele ainda tem que pagar a taxa do guincho, que varia de acordo com a distância de onde o carro é apreendido. O proprietário só poderá retirar o veículo após efetuar o pagamento do licenciamento pendente.

Não portar o documento obrigatório (CRLV) também é infração, como consta no Art. 232 do CTB, só que nesse caso a infração é leve, a penalidade é uma multa no valor de R$ 53,20, a inclusão de três pontos na CNH e a retenção do veículo até a apresentação do documento. É importante ressaltar que a multa vai para o proprietário do veículo e não para o motorista. Se a irregularidade não for sanada até o fim da blitz, o carro também é recolhido para depósito.

O proprietário pode circular até 10 dias após o pagamento do licenciamento com o comprovante emitido pelo banco credenciado em mãos. Mas, se em até cinco dias úteis ele não receber o CRLV em sua residência, deve ir ao Detran e verificar se o endereço cadastrado está correto, levando o comprovante de residência atualizado. Os valores de 2015 poderão ser consultados no site do Departamento Estadual de Trânsito-Detran/BA.

Secom Bahia

Uneb convoca para matrícula aprovados em segunda chamada no Sisu


Os candidatos aprovados em segunda chamada na Universidade do Estado da Bahia (Uneb), por meio do Sistema de Seleção Unificada (Sisu), do Ministério da Educação (MEC), estão sendo convocados pelo Pró-Reitoria de Graduação (Prograd) para a realização da matrícula neste primeiro semestre. Eles devem comparecer, nos dias 20, 23 e 24 deste mês, à coordenação acadêmica do curso em que foi selecionado.

Os nomes dos convocados estão publicados na internet. A Uneb ofereceu 1.893 vagas, distribuídas entre 127 opções de cursos presenciais nos 24 campi da universidade. Desse total, a universidade reserva 40% das vagas para candidatos negros oriundos da rede pública de ensino e 5%, com o caráter de sobrevagas, para indígenas, de acordo com o edital do processo seletivo. Mais informações podem ser obtidas também pelo telefone 0800 071 5000 ou no site da universidade.

Secom Bahia

Bahia aperfeiçoa atendimento ao turista para o Carnaval


Foto: Tatiana Azeviche/Setur
Para aliar o elevado nível de profissionalismo no receptivo ao turista à tradicional hospitalidade baiana, o Governo do Estado, por meio da Secretaria do Turismo (Setur) iniciou o treinamento dos guias e monitores que atenderão aos visitantes durante os seis dias de Carnaval (12 e 17) na capital e nos municípios de Mata de São João (Praia do Forte), no litoral norte, e Porto Seguro, no extremo sul do estado.

As aulas, iniciadas na quarta-feira (4), prosseguem até esta sexta (6), no Salão Oxóssi, do Centro de Convenções da Bahia, em Salvador. A abertura dos trabalhos foi feita pelo chefe de gabinete do órgão, Aristides Batista, que representou o secretário Nelson Pelegrino, em viagem a Brasília para participar da reunião do Fórum Nacional dos Dirigentes e Secretários Estaduais de Turismo (Fornatur).

Aristides destacou a importância do curso preparatório para que os profissionais possam acolher o turista e fazer um receptivo qualificado. “Com esforço conjunto podemos melhorar os serviços e atrair cada vez mais visitantes à Bahia”. Aos mais de 250 guias e monitores participantes, ele enfatizou a importância do ciclo de as palestras, salientando que “todos sairão daqui qualificados para a prestação de um serviço de excelência”.

Em Salvador, os guias e monitores atuarão nos três circuitos do Carnaval (Barra, Campo Grande e Pelourinho), no porto, aeroporto, rodoviária, hotéis e pontos turísticos. O atendimento ao turista será feito nos idiomas inglês, espanhol, italiano, francês, alemão, russo, japonês, sueco e holandês. Nesta sexta (6), os participantes do projeto Guias e Monitores receberão os certificados de qualificação e, no início da próxima semana, o fardamento, ficando habilitados para iniciar o atendimento ao turista na quinta (12).

Importância econômica da festa

A expectativa é que o Carnaval de Salvador atraia 520 mil turistas brasileiros e estrangeiros. A festa gera cerca de 200 mil empregos diretos e indiretos, enquanto os gastos dos visitantes devem injetar R$ 730 milhões na economia da cidade.


Secom Bahia

Dilma empossa Mangabeira Unger e destaca planejamento de longo prazo

Yara Aquino - Repórter da Agência Brasil Edição: Armando Cardoso

Presidenta Dilma Rousseff empossa Mangabeira Unger e diz que políticas de longo prazo são a herança do governo para as próximas geraçõesAntonio Cruz/Agência Brasil
Ao dar posse hoje (5) a Mangabeira Unger na Secretaria de Assuntos Estratégicos (SAE), a presidenta Dilma Rousseff destacou a importância do planejamento de longo prazo para o desenvolvimento do país. A formulação de políticas públicas de longo prazo voltadas ao desenvolvimento nacional é uma das atribuições da secretaria, que é vinculada à Presidência da República.

“Precisamos ligar as políticas de curto prazo a uma visão de longo prazo do país, mesmo que o governo tenha um término claro, que é dezembro de 2018. É necessário quando se faz política pública, diuturnamente, que se conceba também as políticas que terão fôlego de longo prazo. Elas são a herança e o legado que se deixa para as próximas gerações”, disse Dilma.

A presidenta voltou a citar a educação como forma de impulsionar o desenvolvimento e destacou a importância da destinação dos recursos do pré-sal. "Acredito que fazer do Brasil uma pátria educadora é investir muito na qualidade da educação. É transformar o passaporte do pré-sal em qualidade educacional, mas também é fortalecer valores e direitos de cada cidadão", acrescentou.

Dilma lembrou das contribuições de Mangabeira no comando da SAE, entre elas a ideia de que o governo deveria apostar em aeroportos regionais. Mangabeira Unger retorna à pasta que comandou entre 2007 e 2009, durante o segundo mandato do presidente Lula.

Filósofo, tornou-se professor da Universidade de Harvard, nos Estados Unidos, em 1971. Seus trabalhos envolvem, principalmente, teoria social e filosofia, mas também se aproxima do direito e da economia.

Em 1991, foi professor de Barack Obama, atual presidente norte-americano. Sua atuação política desde o processo de abertura, instituído ainda no regime militar, resultou na participação no governo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, em 2007. Mangabeira deixou a pasta para voltar a Harvard.

Quem deixou o cargo foi Marcelo Neri, que foi presidente do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) e estava à frente da SAE desde março de 2013. Dilma informou que Neri construiu o conceito de nova classe média que, segundo ela, tornou-se “peça-chave” e “uma das melhores descrições do resultado sócio-econômico do processo em curso de crescimento com distribuição de renda".

- Assuntos: Dilma Rousseff, Mangabeira Unger, posse, SAE

CPI da Petrobras não preocupa governo, diz ministro Pepe Vargas

Yara Aquino – Repórter da Agência Brasil Edição: Denise Griesinger

Pepe  Vargas:  CPIs  perderam  protagonismo  para  órgãos como MPF,CGU e Polícia FederalArquivo/ABr

O ministro da Secretaria de Relações Institucionais, Pepe Vargas, disse hoje (5) que a criação da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Petrobras na Câmara não preocupa o governo. Vargas voltou a dizer que as CPIs perderam protagonismo e ressaltou que elas têm sido usadas como instrumento de disputa política. O presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), leu hoje (5) no plenário, o ato de criação da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Petrobras.

Para Vargas, órgãos como o Ministério Público Federal, a Controladoria-Geral da União e a Polícia Federal têm sido mais efetivos no combate a crimes contra a administração pública. “Sempre disse que as comissões parlamentares de inquérito, em função do novo protagonismo dos órgãos que combatem a corrupção, perderam aquele protagonismo que tinham no passado, até porque as regras agora são diferentes. Uma pessoa pode chegar lá para o depoimento, ficar calada e não acontece nada”, disse o ministro a jornalistas, após participar da posse de Mangabeira Unger na Secretaria de Assuntos Estratégicos.

“Não temos problema nenhum com órgão nenhum que queira fazer isso [investigar]. O que acontece é que as CPIs têm servido mais como um instrumento de disputa política do que para efetivamente fazer investigação”, acrescentou Pepe Vargas.

A CPI da Petrobras será composta por 26 membros titulares e suplentes, divididos proporcionalmente entre os blocos. Ontem (4), o líder do PT na Câmara, Sibá Machado (AC), adiantou que, com a maior bancada da Casa, o partido vai pleitear a presidência ou a relatoria da comissão.

- Assuntos: CPI da Petrobrás, ministro das Relações Institucionais, Pepe Vargas